ISMAI inaugurou complexo desportivo com primeiro ministro

0
311
- Publicidade -

A cooperativa Maiêutica e o ISMAI inauguraram na manhã do último dia 19 de maio o novo complexo desportivo, cerimónia para a qual convidou o primeiro ministro, António Costa.

O chefe do governo português sublinhou a importância da qualificação dos Recursos Humanos para o desenvolvimento do país, referindo-se a uma “qualificação integral do indivíduo”, por isso, reforçou a importância destas instalações agora inauguradas e que incluem vários espaços, como um estádio de futebol, pista de atletismo, um pavilhão polidesportivo, courts de ténis e estúdios de ginástica.

Para o presidente da Câmara e população da Maia, António Costa deixou uma mensagem especial: o governo vai avançar com a construção da primeira fase da variante à EN 14, reivindicada pelos maiatos há mais de duas décadas.

“O senhor ministro do Planeamento e das Infraestruturas já assumiu a decisão de construir a variante à EN14, neste primeiro troço, que servirá o concelho da Maia até à Via Diagonal e ao Nó da Carriça, é uma decisão que está tomada e é uma decisão que irá ser implementada”, afirmou.

O chefe do Governo revelou que, dado os fundos estruturais terem desconsiderado o investimento das vias rodoviárias, a obra irá ser feita com “recursos nacionais”, correspondendo assim às necessidades das populações.

Este anúncio de António Costa não podia ter deixado Bragança Fernandes senão satisfeito e com “grande alegria”, tendo o social-democrata Bragança Fernandes classificado o dia de “histórico”.

“Esta é uma grande notícia. A Maia é o primeiro exportador da Área Metropolitana do Porto, o segundo da zona Norte do país e o quarto a nível nacional”, afirmou o autarca, que recordou que desde que entrou para a Câmara que esta é uma luta do município e que já “nessa altura ouvia falar que a obra estava prevista em PIDDAC”.

Bragança Fernandes sublinha que o concelho tem “muita, muita, muita” exportação e as acessibilidades ao porto de Leixões e ao aeroporto, através da EN14, são “péssimas”, pelo que esta é “uma boa notícia não só para a população da Maia, mas para os empregadores do concelho e de Trofa e Famalicão”.

Projeto de expansão da cooperativa Maiêutica

O projeto educativo iniciado há 27 anos pela Maiêutica, cooperativa que instituiu o ISMAI e o IPMaia, sai enriquecido e reforçado ao nível académico e de investigação com o novo complexo desportivo do campus. É um espaço marcado pela inovação e ciência.

Assim, os espaços vão operacionalizar a estratégia de desenvolvimento integrado do Departamento de Ciências da Educação Física e Desporto, do Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano e do Centro de Otimização do Rendimento Desportivo e da Saúde, tendo em vista a criação de ambientes de aprendizagem baseados na investigação científica e no desenvolvimento tecnológico, numa forte interação com a comunidade.

José Manuel Azevedo, presidente da Administração da Maiêutica, sublinhou que a cooperativa fundamenta-se no reconhecimento da personalidade individual, sem menosprezo da coletividade e expressa-se pela conduta do indivíduo, pelo autodomínio, pelo trabalho produtivo, pela solidariedade e pela educação social”.

Nesta cooperativa, que instituiu o ISMAI e IPMaia, “cultivam-se estes ideais”, frisou ainda.

O reitor do ISMAI, Domingos Oliveira Silva, recordou na sua intervenção a história da fundação desta cooperativa e Instituto Superior, numa época difícil no país e em que a oferta do ensino superior privado existente (em 1989) não correspondia às necessidades e à procura que existiam.

O projeto está consolidado e com brilhantismo, de acordo com o reitor, que adianta que o passo que se segue é a da criação de uma universidade. “Contamos com todos e, sem egoísmos, a todos procuraremos servir”, foi a sua mensagem final.

Deputado socialista saúda anúncio de António Costa

João Torres, deputado socialista maiato na Assembleia da República, foi uma das personalidade que acompanhou a visita de António Costa ao ISMAI. No passado dia 24, João Torres emitiu uma declaração que fez chegar à comunicação social saudando “o anúncio por parte do primeiro ministro” da construção da variante à nacional 14.

O deputado afirma ser “muito relevante para o concelho da Maia e para a região Norte, cunhando o compromisso do Governo de melhorar a rede de infraestruturas rodoviárias que serve o nosso território”.

A ambição de mais de duas décadas “será agora resolvida pelas mãos de um governo socialista”, sublinhou João Torres.

Angélica Santos

- Publicidade -