Águas Santas vai ser sede da Associação Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular

0
565
Junta de Freguesia de Águas Santas
- Publicidade -

Águas Santas vai acolher a sede Nacional da Associação Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular. O contrato de comodato que possibilitará a instalação da sede foi aprovado ontem à noite em Assembleia de Freguesia.

Os deputados da freguesia de Águas Santas aprovaram o Contrato de comodato com a Associação Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular para a cedência do 1º piso do edifício da Biblioteca para instalação da sede social em Portugal.

A Assembleia aprovou ainda os restantes pontos da ordem de trabalhos: contrato de comodato com a Conferência Vicentina de Santa Maria do Ó para cedência de uma viatura e a ratificação da minuta de Transferência de Competências a celebrar entre a Câmara da Maia e a Junta de Águas Santas (implica um aumento de transferência de verbas para a Junta na ordem dos 5%).

A Associação Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular é uma instituição que reúne 35 cidades europeias inseridas na região do Noroeste Peninsular, nascida do princípio europeu de que a Europa constrói-se a partir das cidades. O presidente da Comissão Executiva da associação é Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga.

Além de Braga, também a Maia e Porto fazem parte da associação. Integram ainda no total das 17 cidades portuguesas: Matosinhos, Valongo, VN Gaia, Póvoa de Varzim, VN Famalicão, Vila Real, Macedo de Cavaleiros, Viana do Castelo, Santa Maria da Feira, Mirandela, Guimarães, Peso da Régua, Barcelos, Bragança.

O Eixo Atlântico fica ainda completo com 18 cidades da Galiza: A Coruña, Carballho, Culleredo, Lugo, Deputación Provincial de Lugo, Ferrol, Lalín, Monforte de Lemos, Narón, O Barco de Valdeorras, O Carballiño, Ourense, Pontevedra, Ribeira, Santiago de Compostela, Sarria, Vigo, Vilagarcía de Arousa.

As ações organizadas pelas cidades e seus cidadãos reproduzem em escala reduzida o processo de unificação empreendido pelos Estados membros da União Europeia. Cada união de cidades constitui em si mesma uma mini-Europa.

- Publicidade -