Aposta forte nas freguesias de quase todos os partidos

0
332
- Publicidade -

Nas candidaturas às assembleias de Freguesia do concelho da Maia há poucas novidades, com a coligação da maioria (PSD/CDS) “Maia em Primeiro” a apostar na recandidatura da maioria dos presidentes de Junta com exceção de Folgosa, Águas Santas, Moreira e Nogueira e Silva Escura, onde apresenta caras novas… ou nem por isso, tendo em conta que em Nogueira e Silva Escura o candidato Ilídio Carneiro foi presidente da Junta até há quatro anos atrás.

Há uma grande aposta das coligações com maior representatividade partidária nas candidaturas às freguesias, como é o caso de “Maia em Primeiro” e também de “Um Novo Começo” (PS/JPP).

Também a CDU vai lutar pelas 10 freguesias do concelho da Maia, taco a taco com o Bloco de Esquerda, que também quer aumentar os eleitos nos órgãos concelhios. Até o MPT – Partido da Terra apresenta-se a sufrágio em duas das freguesias, Castelo da Maia e Milheirós.

Mas é Vila Nova da Telha, com seis candidatos, a freguesia mais concorrida das próximas eleições Autárquicas. Além do BE e da CDU com os cabeças de lista, respetivamente, Cristóvão Pimenta e João do Couto Lopes, são candidatos à Junta pela “Maia em Primeiro” Rosa Torres e pela “Um Novo Começo” o cabeça de lista é Pinho Gonçalves.

Concorrem ainda dois independentes, o atual presidente, Joaquim Azevedo, pelo Independentes por Vila Nova da Telha (IVNT) e Laura Moreira Silva, pelo Movimento Independente por Vila Nova (MIV).






- Publicidade -