BE promoveu debate sobre mobilidade e transportes

0
243
- Publicidade -

O Bloco de Esquerda (BE) privilegia o debate sobre mobilidade e transportes no concelho da Maia, tendo promovido no dia 13, uma sessão pública sobre o tema, no salão da Junta de Freguesia de Vila Nova da Telha, “uma das freguesias onde a dificuldade de mobilidade é mais sentida pela população”, refere Silvestre Pereira, candidato do BE à Câmara da Maia.

O BE abriu a sessão agradecendo a presença de todos, em particular a do presidente da Junta de Freguesia de Vila Nova da Telha. Marcaram presença os cabeças de lista à Câmara e à Assembleia Municipal da Maia, Silvestre Pereira e Francisco José Silva, respetivamente.

Os promotores bloquistas desta iniciativa referiram também a importância que a Área Metropolitana do Porto (AMP) teve na informação fornecida, de forma graciosa, através da sua Comissão Executiva. Assim sendo, propuseram-se neste encontro a analisar a rede de transportes públicos no concelho da Maia e as suas ligações aos concelhos limítrofes, identificar alguns problemas e procurar formas de os resolver. Entre alguns problemas identificados foi ressaltado, de forma mais visível, “a falta de coordenação do serviço prestado pelas várias operadoras de transportes no concelho”.

Foi identificada também a “falta de locais de estacionamento a preço e tempo razoáveis na área envolvente ao aeroporto”, que é também terminal de outros transportes, tais como o metro e alguns autocarros.

Durante a sessão foi projetado um mapa com todos os trajetos existentes no concelho da Maia, onde facilmente se identificaram alguns locais/zonas que não são servidas por nenhum transporte público (ex: zona industrial), apesar de a linha do Metro a atravessar, mas sem qualquer conexão a outras redes.
O BE referiu ainda a importância deste tipo de evento, afirmando ser uma “prioridade fazer mais sessões idênticas, abordando outros temas, com o objetivo aproximar os munícipes dos autarcas, e procurar assim identificar os problemas sentidos pela população”.

A sessão teve como oradores um representante da Metro do Porto, um representante da STCP e o sub-diretor da Maia Transportes. Contou também com uma intervenção do deputado do BE à Assembleia Municipal do Porto, José Castro.

Após as várias intervenções, todas elas abordando temas essenciais para as referidas empresas, houve lugar à intervenção dos inscritos, possibilitando assim ao público fazer perguntas diretamente aos oradores.

Foi entregue à mesa por um utente da Maia Transportes um abaixo assinado, que o BE encaminhará para os órgãos competentes, referindo a necessidade de agilizar o modo de aquisição da assinatura mensal, bem como o alargamento do sistema Andante às várias carreiras da empresa.

Em representação da Maia Transportes, Hugo Martins aproveitou para explicar alguns constrangimentos existentes, que impossibilitam a resolução imediata mencionando que, alguns deles, estão identificados e em fase de solução, como é o caso da linha 14 e o centro de saúde, que serve Vila Nova da Telha ou a aquisição da mensalidade online, entre outros.

Para fechar a sessão o candidato à Câmara Municipal da Maia pelo BE, Silvestre Pereira, dirigiu algumas palavras aos participantes. O candidato vincou a importância destas sessões na “construção da proximidade dos munícipes para com as autarquias”, referindo ainda que aquelas se prolongarão por vários meses e convidando toda a população a participar, mostrando assim o “empenho do BE na construção de um concelho virado para o futuro”.

- Publicidade -