Câmara da Maia corta na despesa

0
155

A Câmara Municipal da Maia já pediu aos serviços financeiros para fazerem uma análise orçamental.  O objectivo é definir as prioridades nos cortes que a autarquia terá de fazer este ano, para fazer face à crise económica do país, “acrescida do aumento, pelo Governo, das atribuições e competências para as autarquias locais sem o competente envelope financeiro”.

Em comunicado hoje emitido, a câmara municipal assegura, desde já, que os postos de trabalho e as áreas da educação e acção social “não serão atingidas por estas medidas de equilíbrio financeiro que visam diminuir a despesa procurando equilibra-la com a receita”. Os cortes deverão acontecer ao nível da despesa corrente, reformulação da atribuição de subsídios, redefinição de actividades, manifestações e eventos promovidos pela Câmara da Maia. Mas também por definir novas prioridades no que respeita às obras públicas municipais.