CDS iniciou campanha no Parque de Avioso

0
194

Os candidatos do CDS à Câmara Municipal da Maia, Assembleia Municipal e Junta de Freguesia de S. Pedro de Avioso assinalaram o arranque da campanha para as eleições autárquicas de dia 11 de Outubro, com uma visita ao Parque de Avioso.

Os candidatos centristas apontaram diversas falhas à manutenção, construção e limpeza do parque maiato, do qual destacaram a falta de acessibilidades, e de mobilidade dentro do próprio parque, para cidadãos portadores de deficiência.

O candidato à Câmara Municipal da Maia, Álvaro Braga Júnior, criticou a gestão do parque por parte da actual autarquia: “Diria que há uma gestão incompleta. Naturalmente que aplaudo a construção de um parque como este, mas também reprovo que apenas tenha havido a preocupação de o fazer, sem depois o manter com a qualidade que o próprio parque e as pessoas que o frequentam exigem”. O ex-assessor de Bragança Fernandes criticou também o presidente da autarquia: “Quando este parque foi inaugurado, um pouco à pressa se bem me recordo, o Engenheiro Bragança Fernandes comparou-o ao Parque da Cidade, no Porto, dizendo até que seria o segundo maior da Zona Metropolitana do Porto. Mas a verdade é que as diferenças são enormes e isso dá para ver, por exemplo, pelo estado da relva, que aqui é miserável, enquanto no Porto há 12 jardineiros em permanência. Ou seja, inaugurou-se uma coisa, ela existe, devia ser um ponto privilegiado do concelho, mas mesmo em termos de acessibilidades, quem não conhecer tem dificuldades em cá chegar ”.

O candidato à Junta de S. Pedro de Avioso, José Bernardino Pinho, também deixou críticas ao alegado esquecimento de que a freguesia foi alvo pelos actuais executivos, tanto da Câmara, como da própria Junta: “Há muitas áreas em que se devia ter intervido a tempo e horas, e não esperar pelos dois meses e meio antes das eleições. O povo de S. Pedro de Avioso sabe isso e já comenta que estas melhorias são pontuais e devido ao período eleitoral”, acusou José Bernardino Pinho.

André Cordeiro