CDS Maia incentivará a criação do Conselho Municipal de Segurança

0
253
- Publicidade -

Depois de há duas semanas ter reunido com o Comandante António Almeida, da Divisão da Maia da Polícia de Segurança Pública, nas suas instalações de Águas Santas, o líder do CDS local, Manuel Oliveira está na disposição de apoiar a criação de um Conselho Municipal de Segurança na Maia.

O poder local pouco pode fazer para interferir diretamente em políticas de segurança, no entanto, para o CDS Maia, as autarquias devem ter um papel de pressão constante junto dos responsáveis centrais da Administração Interna para que as forças policiais tenham condições de trabalho dignas e todo o apoio necessário às suas operações.

Esta questão foi debatida ainda com o comando da PSP da Maia, sendo o Conselho Municipal de Segurança, um órgão consultivo liderado pelo Presidente da Câmara Municipal e que, segundo a Lei n.º33/98, promoverá a “articulação, informação e cooperação” entre alguns intervenientes como, por exemplo, o Ministério Púbico, a PSP, a GNR, a Proteção Civil, a Polícia Municipal, os Bombeiros ou as Associações de Moradores.

Segundo Manuel Oliveira, “o objetivo primordial da criação deste órgão, já replicado por outros municípios, é aproximar as forças de segurança não só da sociedade civil mas também promover uma comunicação mais interligada entre todos. Acreditamos que, com as conhecidas limitações, poderá ser uma boa ferramenta para uma união de esforços e melhor potencialização das capacidades e meios de cada interveniente na promoção uma melhor e mais eficaz segurança”.

No desfecho da reunião, Manuel Oliveira deixou garantias ao comando da PSP da Maia que “esta Comissão Política do CDS tudo fará junto da Câmara e Assembleia Municipal para que o Conselho Municipal de Segurança seja brevemente uma realidade ao serviço da nossa população.”

- Publicidade -