CDU acusa PS de “operação propagandística” no caso da Linha de Leixões

0
156

“Gato escondido com rabo de fora”. Foi assim que os candidatos da CDU às Câmaras Municipais da Maia, Matosinhos, Gondomar e Valongo descreveram o protocolo assinado entre a secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino e o presidente da Câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto. sobre a reactivação da linha de passageiros entre Ermesinde e o Porto de Leixões.

Em nome dos candidatos autárquicos da CDU, Honório Novo, criticou este protocolo por ter sido assinado apenas com a única câmara socialista abrangida pelo projecto e suspeita que se trate de uma “mera operação propagandística”. “É inaceitável e, por ventura é o primeiro indício de que há gato escondido com o rabo de fora, é que um protocolo desta natureza, que envolve um investimento que há muito anos era reclamado designadamente pelo PCP seja anunciado, através de um protocolo envolvendo uma única câmara e por acaso que é da cor do Governo, com um membro do Governo, retirando desse protocolo as outras câmaras que têm no seu território estações que vão ”, afirma

O candidato da CDU à Câmara da Maia, António Neto, reitera que o protocolo deveria envolver todas as câmaras porque uma das áreas com mais necessidade é a área “de S. Gemil, Arroteia, Pedrouços”. Por outro lado, acrescenta, “não se entende que não se tenha feito um estudo prévio e não tenha havido a preocupação de envolver todas as autarquias. Há aqui, claramente, uma tentativa de privilegiar uma autarquia onde o PS está em dificuldades, que é a de Matosinhos, em detrimento das outras”.

Num encontro junto à estação de Sangemil, em Águas Santas, os candidatos comunistas criticaram ainda o facto da linha só ter via dupla numa parte do percurso.

Ouça as declarações de Honório Novo [audio:HONORIO_NOVO.mp3]