Deputada Márcia Passos continua a bater na tecla das SCUT alertando governo para problema dos maiatos

0
279
Deputada Márcia Passos
- Publicidade -

A deputada maiata Márcia Passos afirmou que vê uma “luz muito pequenina ao fundo do túnel” relativamente ao problema das portagens dentro do concelho da Maia.

Ontem, numa audição regimental com a ministra da Coesão Territorial, a deputada eleita pelo PSD à Assembleia da República referiu-se a um sinal de esperança, revelando ter conhecimento de “contactos” entre o autarca da Maia e o secretário de Estado das Infraestruturas para “alcançar uma solução”, que permita livrar os maiatos de portagens dentro do seu concelho.

Na audição regimental com a ministra Ana Abrunhosa, a deputada social-democrata declarou: “Sei que existem contactos entre o Sr. secretário de Estado das Infraestruturas e o Sr. presidente da Câmara Municipal da Maia para se tentar alcançar uma solução. Hoje, Srª ministra, o que lhe quero dizer é que finalmente vejo uma luz muito pequenina, mas vejo uma luz ao fundo do túnel”.

É certo, sublinhou a deputada, que é “ao fundo de um túnel muito escuro de 14 quilómetros, onde 10 são portajados, mas é isto que vejo e é nisto que eu quero acreditar”.

Márcia Passos voltou a frisar que os maiatos estão a ser “altamente prejudicados de uma forma injustificável”, pois, “para circularem dentro de uma malha urbana, tenham que passar e pagar por 4 pórticos dentro do mesmo concelho, seja para trabalhar seja para descontrair, para ir a parques urbanos”.

Assim, apelou a Ana Abrunhosa: “o que lhe peço hoje é que não desista da Maia, não desista dos maiatos e que continue empenhada e com o seu comprometimento com estas pessoas, que bem o merecem”.

Interpelação de Márcia Passos:

- Publicidade -