Deputado João Torres defende o INFARMED no Porto e apela ao diálogo

0
305
- Publicidade -

 

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista reuniu, recentemente, com a Comissão de Trabalhadores do INFARMED, no Parlamento. A comitiva de deputados, composta pelo deputado João Torres e pelos deputados António Sales e Filipe Neto Brandão, tomou a melhor nota sobre as preocupações dos trabalhadores deste organismo, cuja missão principal é a de assegurar a qualidade dos medicamentos, dispositivos médicos e produtos de saúde disponibilizados no mercado.

 

No final do encontro, João Torres transmitiu aos órgãos de comunicação social que o Grupo Parlamentar do Partido Socialista acompanha a decisão política do Governo de transferir para o Porto a Autoridade do Medicamento, apelando a um diálogo inclusivo entre todas as partes para a definição do ritmo, do tempo e do modo que presidirá a essa transferência.

 

“No essencial, feito um diálogo inclusivo – o que é absolutamente fundamental – com a Comissão de Trabalhadores, seria muito positivo que a mudança da sede viesse a acontecer”, afirmou o deputado socialista.

O Governo criou, entretanto, um Grupo de Trabalho para analisar a concretização desta proposta, assumindo um erro de comunicação inicial que não porá em causa a decisão política anunciada.

Para João Torres, “o Porto tem todas as condições para receber o INFARMED e as suas valências, o que consumará o princípio da descentralização que tem vindo a ser defendido pelo Partido Socialista”.

 

“Existem todas as condições no Porto e na sua área metropolitana, ao nível das mais-valias industriais, académicas e de recursos humanos para assegurar uma parcela fundamental da missão que está atribuída ao INFARMED, o que não deixará de ser também muito positivo para o concelho da Maia”, remata o vice presidente do Grupo Parlamentar do PS, regozijando-se pela decisão e valorizando a coragem política do Governo e do Ministério da Saúde.

 

Na mesma ocasião, na Assembleia da República, o primeiro-ministro confirmou uma vez mais publicamente a decisão da transferência da Autoridade do Medicamento para o Porto.

 

- Publicidade -