Deputados do PSD atentos a sinais de perseguição política

0
16
Deputados PSD reuniram com Câmara da Maia

No âmbito da discussão da valorização do território, o grupo de deputados do PSD eleitos pelo círculo do Porto à Assembleia da República reuniu com o executivo do município da Maia, no dia 3, onde ficou patente a preocupação quanto a uma perseguição política dos municípios geridos por  social-democratas.

Há dossiês relativos ao município da Maia e outros da região, que estando dependentes da CCDR-N, elevam o nível de preocupação dos deputados do distrito, face à recente exoneração do presidente da instituição. Um deles é o do prolongamento da linha do Metro entre o ISMAI (Maia) e o Muro (Trofa).

Virgílio Macedo disse ainda que “existia a vontade política de concretizar esse troço do Metro, mas ao que parece este governo está menos interessado com o serviço às populações e mais em controlar a máquina administrativa do Estado”.

O deputado social-democrata debateu com os autarcas da Maia a problemática do projeto da Variante à EN14, que o governo socialista terá pedido para reavaliar, tentando “dilatar no tempo a sua execução”.

Por este motivo, Virgílio Macedo afirma que os autarcas e deputados do PSD devem estar atentos para defender os interesses dos municípios do PSD, em causa neste caso. “Se não avançar quer um processo quer outro é porque há uma decisão política de perseguição a municípios do PSD”, salientou.

Os deputados do PSD eleitos pelo distrito do Porto estão a visitar todos os municípios para completar o quadro de problemas a resolver no território, com o objetivo da sua valorização. Neste âmbito, o grupo também visitou a empresa Piu Belle.