Dionísio Mendonça é o novo líder da JSD Maia

0
131

Foi sob o lema "Juventude Positiva" que Dionísio Mendonça tomou as rédeas do Núcleo da Maia da Juventude Social-Democrata. A tomada de posse da nova comissão política e mesa do plenário da "jota" social-democrata da Maia aconteceu na passada sexta-feira, na Casa do Alto, às 21h30. A assistir à cerimónia estava uma "plateia" preenchida e atenta, da qual faziam parte várias figuras da vida política maiata, como o presidente da Câmara Municipal, Bragança Fernandes, o presidente da Assembleia Municipal, Luciano Gomes, assim como o vereador da Juventude, Hernâni Ribeiro, além de elementos de direcções passadas da JSD Maia e vários presidentes de juntas de freguesia maiatas.

Assistência que o recém-líder da JSD Maia considera como uma "família". "Nestes momentos costumamos estar reunidos com os nossos amigos e família, e hoje, aqui todos presentes, agradeço a amizade e o carinho de quem está presente". Depois da introdução, Dionísio Mendonça dirigiu-se à anterior direcção da JSD maiata, a quem deu os parabéns "pelo trabalho desenvolvido e pelo trabalho que nos deixaram”. “Um legado marcado pelo desenvolvimento, empenho, rigor, lealdade e grande sentido de democracia". O novo responsável pela "jota" maiata prometeu trilhar o percurso já feito pelas anteriores direcções.

Ainda segundo Dionísio Mendonça, o lema "Juventude Positiva" deve-se às pessoas "que vêem, nos obstáculos e nas dificuldades, as oportunidades". Não esqueceu a "descredibilização" da actual política que, no entender de Dionísio Mendonça, é a principal causa para o divórcio entre a juventude e as lides políticas. Desinteressa que a JSD Maia quer inverter, através do "estabelecimento de uma proximidade privilegiada entre os jovens da JSD eleitos em órgãos autárquicos e os nossos militantes".

Nos planos da nova direcção da "jota" estão a organização de conferências, visitas temáticas ao concelho da Maia e uma biblioteca com o objectivo de "fomentar a leitura disponibilizando uma biblioteca debruçada na Política".

Dionísio Mendonça anunciou também a reactivação dos núcleos da JSD Maia espalhados pelo concelho, com o objectivo de rejuvenescer a Concelhia do partido. E rejuvenescido estava também Bragança Fernandes, que chegou à Casa do Alto com indumentária informal. Facto que fez questão de salientar no início da intervenção. "Venho de camisola branca, gola alta, para parecer jovem, pois já sou sexagenário e quero ver se consigo imitar um pouco a JSD". Descontraído, o presidente da Câmara da Maia e da Comissão Política do PSD Maia assegurou "todo o apoio" à JSD Maia, organismo a quem Bragança Fernandes pode agradecer pela vitória nas últimas autarcas. "Foram fundamentais para a grande vitória que tivemos há uns meses. Com a vossa irreverência eu sentia-me bem, sentia-me jovem, sentia-me feliz. E quando ia a qualquer lado, eu via sempre a JSD lá com as suas bandeiras a apoiar-nos". As últimas palavras foram para Dionísio Mendonça que, garantiu Bragança Fernandes, é "a pessoa certa para o lugar certo".

Com a cerimónia de posse, Dionísio Mendonça assume a liderança da comissão política da JSD Maia, sendo vice-presidentes Hugo Maia, Pedro Ricardo e Marco Correia. O lugar de secretária-geral é preenchido por Daniela Damas. Madalena Nogueira dos Santos e Gil Nunes são os vogais. A mesa do plenário é presidida por Tiago Santos Silva, tendo como vice-presidente Cláudia Vieira Pinto e secretariados por Cátia Silva.

FRASE

Nos planos da nova direcção da "jota" estão a organização de conferências, visitas temáticas ao concelho da Maia e uma biblioteca com o objectivo de "fomentar a leitura disponibilizando uma biblioteca debruçada na Política"