JSD Maia analisa Habitação e Desenvolvimento Social com vereadora Ana Miguel

0
234
foto cedida por JSD Maia
- Publicidade -

A concelhia da Maia da Juventude Social Democrata reuniu, no passado dia 7, com a vereadora da Câmara Municipal da Maia Ana Miguel Vieira de Carvalho, responsável pelos pelouros da Habitação, Desenvolvimento Social, Bem-Estar e Recursos Humanos.

A reunião, solicitada pela JSD da Maia, teve como principal objetivo realizar um balanço do mandato do atual executivo municipal, bem como discutir as principais matérias e políticas relativas à habitação e ao desenvolvimento social do município.

Um dos projetos em análise foi a recente criação do COMPROMISSUM (Centro de Voluntariado da Maia), que “promove o encontro entre a oferta e a procura de voluntariado no Município, capacitando os diversos agentes de voluntariado e desenvolvendo atividades direcionados à nossa comunidade.”

No âmbito da Habitação Social, o destaque foi para o recente acordo de colaboração assinado entre a Câmara Municipal e o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) e que prevê a criação de 757 novas habitações sociais, ao abrigo do programa 1.º Direito, de modo a “dar resposta às famílias que estão a viver em situações de maior fragilidade e precisam do nosso apoio”.

A vereadora eleita pela coligação Maia em Primeiro destacou ainda o apoio prestado pela Câmara Municipal a diversas candidaturas ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES), nomeadamente para a criação de 3 novas creches no concelho (Vila Nova da Telha, Pedrouços e Águas Santas) e novos espaços para apoio a idosos e pessoas com deficiência, afirmando que “as sementes para o futuro estão lançadas e o concelho da Maia terá ainda mais qualidade de vida para os mais novos e para os mais velhos”.

De acordo com a nota de imprensa da JSD Maia, neste encontro foram ainda abordados os desafios causados pela pandemia e que obrigou a Câmara Municipal a criar um Programa de Emergência Municipal Covid-19 para apoiar as famílias maiatas em situação de fragilidade.

O presidente da JSD Maia, Bruno Bessa, destacou o “importante papel da Câmara Municipal no apoio aos mais carenciados, um trabalho muitas vezes esquecido, mas que existe e não falha”.

O futuro da habitação e a emancipação dos jovens foi também um tema trazido pela JSD Maia, tendo sido discutidas algumas políticas públicas de âmbito municipal, que apoiem os jovens na habitação e promovam a sua emancipação cada vez mais tardia.

Esta reunião insere-se no Plano de Proximidade Autárquica (PPA) definido pelos jovens social-democratas e que teve o seu arranque num périplo de reuniões com os executivos das 10 freguesias do concelho e que agora se alargou aos restantes órgãos autárquicos do município.

- Publicidade -