Líder do PCP preocupado com direitos dos trabalhadores

0
244
imagem de arquivo
- Publicidade -

Jerónimo de Sousa veio à Maia participar num jantar-convívio, promovido pela Comissão Concelhia da Maia do PCP, para comemorar o 97º Aniversário do Partido e que decorreu sob o lema “Com os trabalhadores e o Povo – Democracia e Socialismo”.

Num restaurante em Águas Santas, os militantes ouviram o líder desafiar o Partido Socialista a introduzir alterações à legislação laboral propostas pelos comunistas, para reforçar o trabalho com direitos.

Jerónimo questionou: “O PS vai colocar-se do lado da parte mais débil ou, pelo contrário, vai juntar os trapinhos com o PSD e CDS para derrotar estas importantes iniciativas legislativas do PCP?”

O PCP tem sido um dos parceiros do governo no Parlamento e diz agora que António Costa e o PS têm que tomar opções pondo fim à convergência com o PSD e o CDS em matéria de direitos dos trabalhadores: “Está na hora do PS fazer a opção pelo trabalho com direitos. Está na hora de valorizar a contratação coletiva, de dominar as normas gravosas da legislação laboral. Está na hora de o PS dar um passo adiante e atacar esses problemas de frente, pondo fim à convergência com o PSD e CDS em matéria de direitos dos trabalhadores como tem feito nos últimos anos e vir ao encontro das propostas do PCP de valorização do trabalho e dos trabalhadores”.

Mais uma vez, na Maia, o líder do PCP voltou a criticar o governo socialista dizendo que está submisso às imposições do Euro e da União Europeia.

- Publicidade -