Maia não abdica de receita de IRS em benefício dos munícipes

0
159
imagem de arquivo

O número de municípios que abdicam da totalidade da receita do imposto a favor dos contribuintes vai aumentar em 2021.

No próximo ano, mais câmaras municipais vão devolver parte ou a totalidade da receita de IRS a que têm direito a favor dos seus contribuintes (e eleitores), avança o JN/Dinheiro Vivo.

De acordo com o levantamento dos jornais, serão 137, mais três do que neste ano.

Dos municípios estreantes nesta área de beneficiar os cidadãos na Área Metropolitana do Porto encontra-se Vila Nova de Gaia, que vai abdicar de uma parcela da receita (1%).

O JN/Dinheiro Vivo publica aponta ainda que o mapa da Área Metropolitana do Porto é dominado pelos municípios que não abdicam de receita para devolver aos munícipes, como são os casos de: Porto, Maia, Matosinhos, Valongo, Vila do Conde e Trofa.

Numa década, o número de autarquias a abdicar de parte ou a totalidade do imposto subiu de 66 para 137, mais do que duplicou. Mas não ultrapassa 44,4% dos 308 municípios.

A lista não está fechada, uma vez que as autarquias ainda podem comunicar a decisão sobre esta matéria até ao final de dezembro. Mas os dados do Mapa 12 do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) já permitem fazer um retrato dos municípios mais generosos, cruzando estes dados com as decisões das Assembleias Municipais.