Maia recebe visita de estudo “internacional” na área da educação

0
278
- Publicidade -

Esta semana o concelho da Maia recebe uma visita de estudo, enquadrada no Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida. O tema é a promoção do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no ensino e na aprendizagem. Vão estar no concelho até sexta-feira, dia 26 de Outubro.

Profs_Estrangeiros

São 15 participantes de 12 nacionalidades, vindos de países como Espanha, França, Grécia, República Checa, Polónia, Alemanha, entre outros. São todos diretores de escolas e universidades que utilizam Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) ou têm cargos de chefia em organismos do estado central ou regional que gerem os planos educativos.

Trata-se de uma actividade conjunta dos pelouros da Educação e das Relações Internacionais da Câmara Municipal da Maia. De acordo com o vereador Paulo Ramalho com esta visita de estudo fica uma “grande oportunidade para que as escolas da Maia possam desenvolver contactos porque todas estas pessoas são pessoas com uma forte capacidade de intervenção nos seus países e na sua realidade escolar e podem sair daqui futuros protocolos de cooperação”.

Um dos participantes é Christian Di Maggio. Trabalha no Ministério da Educação Italiano e espera agora ficar a conhecer melhor o sistema educacional português. “É uma oportunidade de trocar experiências e conhecer o sistema educacional de outros países”.

Christian Di Maggio fala português, com sotaque do Brasil, fruto dos três meses por ano que pratica voluntariado naquele país. Por isso mesmo, “sempre” se interessou por tudo o que esteja relacionado com a língua portuguesa. Daquilo que já viu na Maia, gostou. “É uma cidade bem tranquilo, com muito espaço, organizada, com uma boa rede de transportes. Não é uma cidade opressiva, com muitos prédios”, explica.

Na segunda-feira de manhã, o grupo visitou o Centro Escolar da Maia. “muito bem estruturado, muito novo e com processos inovadores na área da educação”, considerou Christian. À tarde, o grupo foi recebido na Câmara Municipal pelo presidente da edilidade. Bragança Fernandes desejou-lhes uma boa jornada de trabalho e traçou o perfil do concelho, com especial destaque para a política de educação. “Investimos muito na educação porque é um investimento no futuro do concelho”, justificou.

O autarca enumerou as “boas condições” dos recentes centros escolares da Maia, equipados com quadro interactivos, assim como o caderno digital que é distribuído anualmente aos alunos. “As escolas da Maia estão super equipadas. Todos os anos actualizamos os conteúdos do caderno digital, isto para eles é uma novidade. Também continuamos com a informática nas Aec’s, quando a maioria dos municípios suspendeu, este ano. Nós somos exemplares na educação”, afirma Bragança Fernandes.

Esta terça-feira da manhã, o grupo esteve no Ciccopn, onde, entre outras coisas, assistiu a uma aula, com a utilização de quadros interactivos e “outra tecnologia digital para melhorar a aprendizagem dos nossos formandos”, conta o director. Amílcar Sampaio diz que a ideia é que “eles vejam a aplicação das TIC no sistema de aprendizagem, assim como no próprio sistema de gestão de formandos, formadores e documental.

Para Amílcar Sampaio esta é também um oportunidade para que as entidades troquem experiências. “Aprendemos sempre muito com os outros países e com as outras organizações e é também um forma de criar contactos para o futuro”, sublinha.

No âmbito da visita de estudo, está ainda prevista uma passagem pelo Ismai – Instituto Superior da Maia, esta quarta-feira, e pelo Tecmaia – Parque de Ciência e Tecnologia, na quinta-feira.

- Publicidade -