Maia recebeu delegação chinesa

0
319
- Publicidade -

No passado dia 18, uma delegação do distrito de Panyu, da cidade de Guangzhou, capital da Província de Guangdong, da República Popular da China, visitou a Maia no sentido de conhecer melhor as potencialidades do concelho.

Um dos objetivos foi ainda aferir da possibilidade de se promoverem relações de cooperação entre as duas regiões, designadamente nos domínios do ambiente, economia, cultura e educação, tendo ainda a delegação chinesa avançado com a proposta de celebração de um “protocolo de intenção” com vista à concretização de um futuro “protocolo de geminação”.

A delegação do distrito de Panyu, liderada pela vice-governadora Mai Jienpin, foi recebida nos Paços do Concelho pelo vereador das Relações Internacionais da Câmara Municipal da Maia, Paulo Ramalho.

Recorde-se que Panyu é um distrito de Guangzhou, capital da Província de Guangdong e situa-se no sul da China, a cerca de uma hora de automóvel da Região Especial de Macau. Possui um território de 785,15 Km2 e uma população que ronda os 2 milhões de habitantes. Devido à sua privilegiada situação geográfica, Panyu funciona como o principal ‘hub’ de transportes da Região do Delta do Rio das Pérolas, bem como uma espécie de ponte entre as áreas ocidentais e orientais da Província de Guangdong.

Fruto de uma forte aposta na educação, ciência e inovação, Panyu possui nesta altura 12 universidades instaladas no seu território e uma população muito elevada de estudantes no ensino superior. Panyu afirma-se ainda por possuir uma economia muita sólida e dinâmica, sendo um importante cluster da indústria automóvel e de empresas relacionadas com as novas tecnologias.

Para além do comércio e do turismo, também as indústrias tradicionais, designadamente da joalharia, oferecem um forte contributo à economia de Panyu.

- Publicidade -