Maia vai ter estrutura municipal de apoio ao empresário (áudio)

0
213


O Pelouro de Apoio ao Desenvolvimento Económico da Câmara da Maia pretende ser uma “plataforma” de auxílio à internacionalização das empresas instaladas no município, através de seminários, missões empresariais e encontros.

Para ajudar os empresários da Maia a enfrentarem e ultrapassarem as dificuldades inerentes à crise económica que atinge o país, será criada “brevemente”, uma estrutura municipal de apoio ao empresário. De acordo com o vereador Paulo Ramalho, está a ser ultimado um protocolo de cooperação com a Associação Empresarial da Maia. “Estamos a encontrar parceiros que possam, juntamente com a câmara municipal, ser um efectivo auxílio aos nossos empresários para que eles, por um lado, continuem interessados em investir na Maia, em produzir riqueza e criar postos de trabalho, e por outro lado, que tenham capacidade de instalarem unidades industriais em Angola”. Atrair o investimento angolano é também uma das prioridades.

Paulo Ramalho diz que aquele país lusófono começa a ter uma classe empresarial com capacidade económica e com vontade de se internacionalizar. E nesse sentido, a Maia tem todas as condições para ser uma boa aposta. Em suma, o objectivo da nova estrutura municipal de apoio ao empresário terá como missão estabelecer “parcerias” que permitam captar investimento estrangeiro para a Maia e abrir as portas da internacionalização aos empresários do concelho. Sempre com o objectivo de produzir riqueza e postos de trabalho.

FA

[audio:PAULO_RAMALHO_APOIO.mp3]