Medidas sociais e novidades na mobilidade prometidas por Francisco Vieira de Carvalho

0
258
Francisco Vieira de Carvalho
Francisco Vieira de Carvalho
- Publicidade -

Francisco Vieira de Carvalho tem vindo a realizar diversas sessões de debate em que apresenta algumas medidas da sua candidatura (pela coligação PS/JPP). Assim, já foram abordados temas como a Saúde, Apoio Social e Mobilidade.

No que respeita ao apoio social, esta candidatura quer uma alimentação equilibrada e grátis para os jovens em idade escolar, tendo apresentado o projeto “Estamos Juntos”, que deverá garantir um serviço inédito de apoio domiciliário a idosos e portadores de deficiência.

Garantir uma alimentação equilibrada e gratuita de três refeições (pequeno-almoço, almoço e lanche) aos jovens do pré-escolar, do 1º e do 2º Ciclo da Maia será um ponto-chave da governação de Francisco Vieira de Carvalho, caso seja eleito, no próximo dia 1 de outubro, presidente da Câmara Municipal da Maia.

“A Câmara, as Juntas, o Estado… não podem olhar para o lado e ignorar que muitas crianças passam fome em casa. Em cada dez casos sinalizados, há 100 omitidos, o que é muito grave. Este drama toca-me muito e não posso tolerar que as entidades olhem para ele como uma zona escura. Como é possível um menino que entra na escola às 8 horas e não jantou possa aprender?”, disse Francisco Vieira de Carvalho.

No Fórum, moderado pelo médico José Andrade Ferreira e em que participaram Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Padre Lino Maia, presidente da Confederação das Instituições da Solidariedade Social, e Manuel Lemos, presidente da União das Misericórdias Portuguesas, não ficaram dúvidas relativas ao papel cada vez mais importante que deve ser desempenhado pelas autarquias neste setor.

“O protagonismo das Câmaras Municipais em matéria de Solidariedade e de Segurança Social será cada vez mais importante no futuro”, foi sublinhado por Vieira da Silva.

De resto, três medidas de caráter social foram anunciadas no final do Fórum “Inovação Social & Solidariedade”, realizado na Casa do Povo de Vermoim, a 6 de julho. São elas:assegurar alimentação equilibrada aos jovens em idade escolar (Pré-escolar, 1º e 2º Ciclo: pequeno-almoço, almoço e lanche gratuitos); mais Centros de Dia e residências sénior; projeto “Estamos Juntos”: apoio domiciliário (apoio multisserviços a idosos e portadores de deficiência).

Nova rede de transportes municipais

O candidato da coligação PS/JPP quer uma nova rede de transportes para chegar a todas as escolas da Maia. O projeto de mobilidade de Francisco Vieira de Carvalho pretende em primeiro lugar a linha do Metro desde o Hospital de S.João até ao centro da cidade.

Um ambicioso plano de Mobilidade, resultante de estudos efetuados por uma equipa de dez técnicos especializados, vai revolucionar por completo o mapa de Transportes no concelho da Maia a partir do próximo dia 1 de outubro, promete o candidato.

No decurso do Fórum “Mobilidade e Espaço Público”, realizado na Casa do Povo de Vermoim, que teve as participações do Eng. Matos Fernandes (Ministro do Ambiente), do Eng. Jorge Delgado (Presidente da Metro do Porto e da STCP), do Engenheiro Jorge Pinho Sousa (Professor Catedrático, FEUP) e da Engª. Sandra Vasconcelos Lameiras (Administradora de Empresa Privada Especialista em Mobilidade e Transportes), Francisco Vieira de Carvalho defendeu a execução da prometida linha do Metro que ligará o Hospital de S.João, no Porto, ao centro da cidade da Maia, passando pelas freguesias de Pedrouços, Águas Santas e Gueifães.

“O desenho desta linha [Hospital de S.João-Maia] existe há 20 anos e as novas linhas do Metro que vão entrar em obras agora já foram desenhadas muito depois. Até recordo que a ligação entre o Hospital de S.João e a Maia, passando por várias freguesias do concelho, chegou a ser dada como garantida. Aliás, em 2017 já deveria estar concluída e a funcionar”, frisou Francisco Vieira de Carvalho.

O Eng. Matos Fernandes, ministro do Ambiente com competências delegadas nas áreas de transportes rodoviários e de passageiros, deixou um alerta: “Vai ser muito importante, em termos de futuro e tendo em vista os próximos anos, a nível de acesso a fundos comunitários, apresentar projetos já a seguir às eleições autárquicas. E folgo muito que o candidato Francisco Vieira de Carvalho esteja bem acompanhado por gente que sabe e é especializada em Mobilidade”.

Outra das medidas defendidas por Francisco Vieira de Carvalho é a remoção dos pórticos na A41, um tema polémico. “É inédito que se pague para circular no nosso concelho. Meter pórticos no meio da nossa terra, não!”, disse.

Francisco Vieira de Carvalho pretende ainda criar quatro interfaces de transporte para Metro, autocarros e modos suaves e ainda uma chamada rede de transportes na hora (Rede de transportes a pedido, a implementar na Zona Industrial da Maia, ligando a estação de Metro às várias empresas).

- Publicidade -