MEP apresentou candidato pelo Porto

0
108

Chama-se Joaquim Pedro Costa, tem 44 anos, é casado e com quatro filhos. Licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra, em 1988. Falamos do cabeça-de-lista do Movimento Esperança Portugal (MEP) às eleições legislativas pelo círculo do Porto.

Joaquim Pedro Costa (à direita na foto) foi apresentado esta tarde,  numa unidade hoteleira da Maia, onde foram também apresentadas medidas e linhas estratégicas para o escrutínio de 27 Setembro. Uma das principais propostas do programa eleitoral do MEP para as legislativas é a de tornar facultativa a reforma, ou seja, acabar com a obrigação legal de deixar de trabalhar. Até porque, disse o candidato, há trabalhadores com 65 anos que querem continuar a trabalhar.

Esta é uma das medidas que vão estar em cima da mesa se o partido eleger, pelo menos, um deputado nas próximas legislativas. Algo que só vai acontecer se o MEP aumentar a visibilidade, já que o partido ainda é pouco conhecido, admitiu Joaquim Pedro Costa:

[audio:JOAQUIM_COSTA.mp3]

Animado pelo resultado nas eleições europeias, em que o MEP conseguiu ser o sexto partido mais votado, com 55 mil votos, o Movimento Esperança Portugal entra na corrida para as legislativas. Um deputado seria uma vitória, mas a meta do partido é ocupar entre dois a quatro assentos parlamentares.