Plano e Orçamento cresceu 4 milhões para 2017

0
205
EN14

A Câmara Municipal da Maia já fez aprovar por maioria as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2017. O orçamento camarário está na ordem dos 73 milhões de euros, atingindo o valor de 113 milhões quando consolidado com as diversas empresas municipais.
Bragança Fernandes afirmou que o “Orçamento superou o do ano anterior por cerca de 4 milhões de euros”, o que resulta “do nosso empenho”, muito em particular do “trabalho do vice-presidente da Câmara”.

Por outro lado, é um documento que espelha a grande eficácia na captação de fundos comunitários com uma equipa que, liderada por António Tiago, como sublinhou o autarca em conferência de imprensa. “Fez um trabalho muito criterioso de procura de projetos e dos respetivos gabinetes para os realizarem com qualidade” e que tornou possível ter um elevado número de candidaturas submetidas e aceites ao Portugal 2020. “Somos um dos municípios na Área Metropolitana do Porto que conseguiu mais fundos comunitários, temos um total de 50 milhões em projetos a concretizar até 2020”, esclareceu Bragança Fernandes.

Portugal 2020 exige esforço financeiro

Assim, tendo em conta que todos os projetos ao abrigo das verbas do Portugal 2020 obrigam o município a uma dotação própria no seu orçamento, este aumento de 4 milhões de euros reflete esse aspeto.

Mas nem tudo são investimentos comunitários, adiantou Bragança Fernandes. Há “muitas obras importantes”. Uma fatia de 40 por cento de verbas que são aplicadas na função Social, excluindo Espaço Municipal e Maia Ambiente. O autarca especifica que é preciso ter em atenção que a Ação Social não está explícita apenas nessa rubrica orçamental, há também todos os custos inerentes “à atividade desportiva e de Educação na sua vertente de Ação Social, o Turismo Sénior, os cabazes de Natal, etc.”, sublinhou Bragança Fernandes.

Obras nas freguesias e arruamentos

Estão incluídas ainda variadas obras pelas diversas freguesias do concelho, que darão a requalificação dos centros cívicos nalgumas freguesias, irão restaurar diversos arruamentos por todo o concelho, remodelação completa de escolas, construção de pavilhões desportivos e relvados sintéticos, a instalação da cidade desportiva no quarteirão onde se encontra o estádio municipal e o complexo de ténis, entre muitas outras intervenções, que deixam Bragança Fernandes orgulhoso do concelho e satisfeito na hora de despedida e de passagem de testemunho.

Na conferência de imprensa em que apresentou o plano e orçamento para 2017, o autarca maiato sublinhou que estes são documentos delineados a “pensar nas pessoas e na sua qualidade de vida”.