PS adverte concelhias quanto a convites a membros do governo

0
248
- Publicidade -

O PS avisa as concelhias que não podem envolver governantes nas autárquicas.

A direcção nacional do PS lamenta que estruturas locais promovam eventos autárquicos referindo o nome e cargo de membros de Governo, noticiou o jornal Público, que avançou que, nos últimos tempos, as estruturas locais socialistas já promoveram ações com candidatos autárquicos para as quais são convidados membros do executivo, identificados como tal e não como simples militantes.

A lei proibe estas situações e a Comissão Nacional de Eleições condena-as. A CNE é clara nestes casos: «os titulares de cargos públicos não devem agir nessa qualidade, nem invocá-la, em actos ou eventos promovidos por candidaturas, nem estas o devem fazer».

Questionado sobre estas situações passadas, a direção nacional do PS afirmou que as estruturas locais não devem promover eventos autárquicos referindo a presença de membros do Governo e que sempre que aqueles socialistas aceitem participar, o devem fazer enquanto membros do partido ou dirigentes nacionais.

Nas últimas duas semanas estão a ser dadas instruções às estruturas locais socialistas para que tal não volte a acontecer.

Recorde-se que na Maia, a candidatura apoiada pelo PS/JPP de Francisco Vieira de Carvalho realizou debates em que participaram membros do governo do PS, tendo estes sido anunciados como tal e não como dirigentes nacionais do partido.

A título de exemplo, foi o caso do debate do dia 6 de julho sobre “Inovação Social & Solidariedade” em que um dos convidados foi “Dr. Vieira da Silva (Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social”); ou do debate de 7 de julho, sobre “Mobilidade e Espaço Público” em que um dos convidados foi “Engº Matos Fernandes (Ministro do Ambiente)”, tal como refere o convite enviado à comunicação social e publicado no Facebook do candidato à Câmara da Maia.

- Publicidade -