PS de Nogueira desiludido com cancelamento do desfile de Carnaval

0
148

Os eleitos do Partido Socialista (PS) na Assembleia de Freguesia de Nogueira estão “desiludidos” com o facto de, este ano, não se realizar cortejo de Carnaval na freguesia. Em comunicado, os deputados mostram o seu “desagrado” perante as últimas notícias que dão conta da “não realização” do já tradicional corso carnavalesco.

O primeiro eleito do PS na Assembleia de Freguesia, Daniel Teixeira, considera que “numa freguesia como Nogueira, com grandes lacunas ao nível cultural, a realização deste tipo de actividades deveria ser uma constante”. O PS diz ainda ser “lamentável” a forma como a notícia foi dirigida à população, “a poucos meses da iniciativa, quando já se sabia há muito tempo que a falta de verbas” impediria a organização do desfile.

Não menos lamentável, acrescentam os socialistas, foi a distribuição por estes dias, na freguesia, de panfletos, patrocinados pela junta, de divulgação de um baile de máscaras, numa manobra que entendem ser uma forma de “compensar” os habitantes de Nogueira, pela perda de um desfile “reconhecido” fora de portas. “O Carnaval de Nogueira era já ex-líbris, atraindo várias pessoas de freguesias e concelhos limítrofes, promovendo desta forma a freguesia, e porque não dizê-lo, o concelho da Maia”, justificam os eleitos pelo PS.

Assim sendo, o PS Nogueira, considera que se deveriam encontrar alternativas de financiamento na Câmara Municipal, ou trabalhar em rede com outras freguesias, uma ideia que fazia parte do programa eleitoral do partido “rosa”.

Os socialistas na Assembleia de Freguesia de Nogueira, Daniel Teixeira e Ana Leite, prometem estar “atentos e activos” através de uma participação “séria e responsável”, e aproveita para se demarcar da posição tomada pelo executivo de Nogueira da Maia.