PS mobiliza autarcas para vencer eleições legislativas

0
184

Para mobilizar os militantes para a campanha eleitoral, o PS realizou no passado sábado, no Cinema Venepor, na Maia, um encontro de autarcas socialistas do distrito do Porto e que contou com o cabeça-de-lista pelo Círculo Eleitoral do Porto pelo PS, Francisco Assis, na sessão de encerramento.

A iniciativa teve como oradores alguns dos autarcas do distrito, nomeadamente os presidentes das Câmaras Municipais de Santo Tirso e Trofa, Castro Fernandes e Joana Lima, respectivamente, os vereadores das Câmaras da Maia e de Valongo, Mário Gouveia e Afonso Lobão, o deputado e candidato Miranda Calha, presidente da Concelhia do PS da Maia, Hélder Ribeiro, o presidente da Junta de Freguesia de Campanhã, Fernando Amaral, e o presidente da Associação de Jovens Autarcas, José Luís Sá.

De acordo com o presidente da Distrital do Porto do PS, Renato Sampaio, em início de campanha eleitoral, é preciso transmitir uma mensagem de esperança para umas eleições que se realizam num momento difícil da vida portuguesa. “Nos percebemos que estamos a disputar estas eleições num momento difícil para o país e para o partido, por isso, é preciso mobilizar os autarcas e é preciso perceber que este é um grande combate do PS”.

A ideia passou por mobilizar os autarcas e explicar-lhes isso mesmo e que é preciso estar atento às reformas necessárias mesmo no que toca à administração local, “quer quanto à administração do território, quer quanto às matérias que têm a ver com a descentralização e desconcentração dos serviços do Estado”.

Renato Sampaio acredita que o círculo eleitoral do Porto vai manter o número de deputados eleitos em 2009 e isso quer dizer “ganhar no distrito do Porto”.

Quanto às sondagens que apontavam para uma proximidade entre PS e PSD, o líder da distrital disse não estar “rigorosamente nada preocupado”. “Acho que as sondagens demonstram duas ou três coisas, a primeira é que o PS está a subir, o PSD está a descer, estamos muito empatados, por isso, esta campanha é muito importante para que o Partido Socialista supere esse empate técnico”. E Renato Sampaio acredita que isso vai ser possível porque o PS “tem um projecto claro, um projecto para os portugueses e para defender Portugal e construir o futuro e não vi, ainda, da parte da oposição nenhumas propostas claras que revelem que estão em condições de ganhar”, salienta.

Também o deputado e candidato Miranda Calha está convicto numa vitória do PS. Durante a intervenção que fez no encontro de autarcas, o candidato, que em 2009 foi cabeça-de-lista pelo círculo eleitoral de Portalegre e desta vez é décimo pelo círculo do Porto, avisa que se trata de um combate político que tem que envolver toda a gente, em particular dos autarcas.

Para Miranda Calha o PS é o partido com mais experiência para ultrapassar este período de crise, motivo mais que suficiente para que os portugueses confiem e votem no Partido Socialista.

Isabel Fernandes Moreira