PSD quer mais mulheres na política

0
180

Cerca de 1500 mulheres sociais-democratas juntam-se, no próximo sábado,  num almoço em Matosinhos. O encontro vai reunir senhoras dos diversos secretariados femininos concelhios do distrito do Porto, numa mostra do que é já este movimento feminino saído do PSD.

Mas o líder da distrital do partido quer ainda maior participação. Foi esse o apelo lançado, no sábado, por Marco António Costa, durante um encontro com membros do secretariado feminino do PSD da Maia, que decorreu no Fórum da Maia.

O líder distrital da estrutura social-democrata confessou-se “arrependido” pelo erro cometido no passado, na elaboração de listas. Disse Marco António Costa que é tempo de corrigir esse erro da democracia portuguesa e promover uma inovação na vida política nacional.

Ouça as declarações de Marco António Costa:

[audio:PSD_MULHERES.mp3]

Mas não só. Embora reconhecendo que é preciso cumprir a lei das quotas e da paridade, o social-democrata garantiu que o principal objectivo da distrital do PSD passa pela renovação da classe política, com a entrada de militantes femininas.

Ouça as declarações de Marco António Costa

[audio:QUOTAS.mp3]

Declarações proferidas no sábado por Marco António Costa, antes de sair para outro encontro com mulheres do PSD, mas em Valongo. Na Maia, o encontro foi promovido pelo secretariado feminino do PSD. Ao debate com o líder da distrital do PSD seguiu-se uma conferência sobre o tema “A comunicação no poder político”.

Marta Costa