“Troféu” Siza Vieira a entidades e individualidades nos 500 anos do Foral da Maia – jornal Primeira Mão foi um dos distinguidos

0
308

A comemoração dos 500 anos do Foral da Maia foi ocasião para prestar tributo a entidades do concelho que contribuíram para a divulgação desta efeméride e ainda a algumas personalidades do município. Uma das entidades distinguidas foi o jornal Primeira Mão.

A sessão solene decorreu no domingo, dia 15, às 10h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho da Maia, altura em que foi distribuído a 38 entidades e cinco individualidades um “troféu” desenhado pelo Arqtº Siza Vieira especialmente para este efeito.

O presidente da Câmara da Maia recordou que o Foral continua a ser um símbolo de uma identidade municipal. Há 500 anos, o Foral era um instrumento político, hoje, é um símbolo que nos impele a perspetivar o futuro do município.

António Silva Tiago lembrou que, “à época, o Foral da Maia foi o grande instrumento político do Estado, entenda-se da Coroa Portuguesa. 500 anos passados sobre a outorga desse instrumento, é tempo de o evocar, cuidando de compreender todas as possibilidades da sua simbologia histórica, cultural, política e social.

Na verdade, creio existir no Foral da Maia, uma dimensão simbólica que nos interpela e impele a uma reflexão coletiva, que tomando as referências e o legado dos nossos antepassados, nos convoca para um questionamento crítico sobre a Maia que somos hoje e nos desafia a perspetivar com confiança, o futuro da comunidade.

Uma comunidade que guarda e respeita a sua memória com gratidão, vive a sua realidade presente com alegria e prepara-se, quotidianamente, para o futuro com confiança”.

De acordo com o edil estas comemorações que este ano se iniciaram, vão prosseguir em 2020 e só encerrarão em 2021, cumprindo “um vasto programa de eventos culturais, cívicos e sociais”.

Homenagens

Além do jornal Primeira Mão, foram distinguidos ainda o Maia Hoje e o Jornal de Notícias. Todos os 10 presidentes de Junta do concelho tiveram também direito a este tributo, bem como diversas instituições de solidariedade, desportivas, culturais, de ensino e empresariais.

Assim, foram distinguidos: Banda de Música de Moreira, Banda Marcial de Gueifães, as associações de Bombeiros de Moreira e de Pedrouços, A Causa da Criança, Associação Atlética de Águas Santas, Associação Empresarial da Maia, APPACDM, ASMAN, Associação O Amanhã da Criança, Castelo da Maia Ginásio Clube, CICCOPN, Clube Via Norte, Colégio Novo da Maia, Cooperativa Agrícola da Maia, Coral Pequenos Cantores da Maia, Criança Diferente, Cruz Vermelha da Maia, Grupo Regional de Moreira da Maia, ISMAI, Lions Club da Maia, Rotary Club da Maia, Santa Casa da Misericórdia da Maia, Grupo Desportivo e Cultural de Gueifães e Grupo de Teatro Art’Imagem.

As cinco individualidades homenageadas foram Bernardino Costa Pereira, Jorge Luís Catarino, José Maia Marques, Luciano da Silva Gomes e Maria Esperança Pereira Santos.