I Mostra Agrícola de Vermoim

0
137

Abriu hoje a primeira Mostra Agrícola de Vermoim, que se prolonga até amanhã, quinta-feira. É uma organização da Comissão de Festas em Honra de Nossa Senhora da Caridade, para angariação de fundos para as festividades a realizar em Agosto.  A ver vamos se a chuva não limita as receitas.

No parque de estacionamento junto ao cemitário está uma exposição de  veículos usados na actividade agrícola, cujas marcas promovem os seus produtos na tentativa de fazer algum negócio.

Os animais, pelo menos ao início da manhã, continuavam resguardados da chuva, num terreno contíguo. Assim como estavam resguardadas as duas únicas – por essa altura – bancas de venda. De um lado, os manjericos, planta tradicional neste mês de santos populares. Do outro, a agricultura biológica de José Manuel Salgado Guimarães, produtor de S. Pedro Fins e presença assídua na feira de produtos biológicos, no Mercado do Castelo da Maia. Só não estavam ainda no espaço animais como coelhos, galinhas e patos, por se tratar de “animais que são um bocado frágeis”, podendo o vento associado à chuva ser transmissor de algum tipo de doenças, esclareceu Fernando Neves.

Na abertura da mostra, o presidente da comissão de festas, Fernando Neves, explicou que o objectivo é "mostrar que as tradições não podem acabar”, numa altura em que já são poucos os que se dedicam em exclusivo à agricultura:

[audio:NEVES.mp3]

Paralelamente, há animação. Destque para as corridas de cavalos de atrelagem e, amanhã, uma gincana equestre e um passeio de cicloturismo.

Mas ainda esta quarta-feira, a partir das 21h00, haverá folclore no palco montado no parque de estacionamento.

Marta Costa