“Natal Amarelo” em duas escolas da Maia

0
886

Duas das 60 escolas do Distrito do Porto que estão inscritas no concurso “Sim, este ano o Natal é amarelo”, a acção que marca o arranque da terceira fase de “Sim, é no Amarelo” – a campanha nacional de informação ambiental lançada pela Tetra Pak em Setembro de 2009, são da Maia. São elas a Escola EB 2, 3 da Maia e o Colégio Novo da Maia.
Com o concurso “Sim, este ano o Natal é Amarelo”, a Tetra Pak pretende desafiar as escolas a criarem uma árvore de Natal, predominantemente amarela, feita a partir de embalagens da Tetra Pak e que transmita uma mensagem ambiental. As seis instituições de ensino premiadas irão receber equipamento para melhorar o perfil ambiental da escola, de acordo com as suas necessidades.

O projecto realiza-se em parceria com o programa Eco-Escolas, da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), e tem como objectivo sensibilizar os públicos mais jovens para a temática da reciclagem das embalagens de cartão para alimentos líquidos e sobre qual o ecoponto correcto para a sua deposição.
De acordo com a directora de comunicação da Tetra Pak, Vera Norte, os resultados obtidos até agora, com a colaboração de vários parceiros, motivaram esta nova parceira com a Associação Bandeira Azul da Europa. “Acreditamos que a médio prazo conseguiremos atingir os nossos objectivos contribuindo assim, para o aumento da taxa de reciclagem das embalagens” afirma a responsável. Com o apoio do programa Eco-Escolas, acrescenta a responsável, conseguem fazer chegar a mensagem a um dos públicos que consideram mais importantes: “o jovem”. A nível nacional, estão inscritos no concurso “Natal Amarelo” 400 estabelecimentos de ensino, englobando cerca de 200 mil alunos.

Na escola EB 2,3 da Maia, mais concretamente no polivalente, esta terça-feira, a árvore ganhou vida. Sob orientação dos professores, durante a manhã os alunos lá foram dando forma e vida à árvore de Natal. À tarde, foram os docentes que trataram das questões de pormenor. Usaram, tal como o concurso assim exige, embalagens de leite e de sumo, preferencialmente embalagens amarelas, conta Carla Fonseca, representante da disciplina de Educação Visual e Tecnológica, disciplina onde os alunos do 5º e 6º ano realizaram as estrelas, elemento fundamental para a árvore. As tampinhas foram também utilizadas para criar outros elementos para ornamentar.
A actividade foi desenvolvida numa parceira com o Clube do Ambiente do estabelecimento de ensino. De acordo com a docente, a ideia surgiu a partir da proposta da Tetra Pak. E como a escola já tem tradições no que toca à educação ambiental, entenderam que seria uma boa ideia. “Já no ano passado utilizamos o jornal e a revista como matéria-prima, este ano, usamos então as embalagens tetra pak”, conta.

Carla Fonseca mostra-se satisfeita com o resultado final e certa de que a mensagem de sensibilização chegou aos alunos. Quanto ao resultado do concurso, a história já será bem diferente. “Estou ainda muito na expectativa porque a votação vai ser on-line, se nós conseguíssemos que os alunos da Maia votassem todos, era óptimo mas não sei se vamos conseguir podemos esquecer que são 300 escolas a concorrer, a nível nacional”.
Recorde-se que desde Setembro do ano passado, a Tetra Pak já levou a campanha “Sim, é no Amarelo” a quinze municípios nacionais, a vários espaços comerciais e de exposição, tendo atingido cerca de três milhões de pessoas, de norte a sul do país. Além das parcerias estabelecidas com diferentes Sistemas Municipais e Multimunicipais de tratamento de resíduos e Câmaras Municipais, este ano a empresa conta também com o apoio das Livrarias Bertrand que se associaram à campanha com a criação de um kit escolar de sensibilização ambiental. Na Maia, a campanha decorreu entre 3 de Setembro e 31 de Dezembro de 2009 e contou com a colaboração da Câmara Municipal da Maia e da Maiambiente.

Isabel Fernandes Moreira