“Todos vivemos com muito entusiasmo a festa da Maia”

0
851

Estão aí as Festas em Honra de Nossa Senhora do Bom Despacho. Já com uma semana de romaria, mas com as principais actividades a desenrolarem-se este fim-de-semana. Também conhecidas como as Festas do Concelho da Maia, reúnem ingredientes para todas as idades e todos os gostos. Há manifestações religiosas, música, divertimentos e até desporto. Sem esquecer o fogo.

Já esta noite, assim que forem 22h00, muitos deverão ser os que vão rodear o Monumento à Comunidade Maiata para assistir ao espectáculo de Susana Félix, conhecida da população também pelas músicas que têm sido incorporadas em bandas sonoras de telenovelas. A somar “à reputação e ao nome que a Susana Félix já está a atingir na área musical”, acrescenta o presidente da comissão de festas, Francisco Coelho.

Nome também já conhecido neste panorama musical é o de Augusto Canário e Amigos, com espectáculo marcado para as 22h00 de domingo. Mas a primeira parte será assegurada pelo grupo Oficinarte – Musical, com “um filho da Maia”, adianta a organização, e que fará soar nesse palco músicas dos anos 70 e 80, recorrendo a um conjunto de guitarras.

Por norma, garante o presidente da comissão de festas, o cartaz musical é escolhido de forma a agradar a todos. Com espectáculos para toda a família e outros mais voltados para a juventude. Para esta faixa etária está reservada a noite de segunda-feira, a última das festas. A música estará a cargo dos Trabalhadores do Comércio e seus convidados, desvendando Francisco Coelho que ao palco junto às “Pirâmides” vai também subir o Conjunto António Mafra.

Festival com classe

Convém não esquecer a noite de amanhã, para um público já bem definido, uma vez que se assume como “uma tradição muito antiga” e mesmo um “ex-líbris das festas da Maia”. Falamos do Festival de Folclore Nacional da Maia, já na 32ª edição. Adverte Francisco Coelho que, “para quem gosta de folclore, tem mesmo que vir à Maia porque é um festival com muita classe”.

Com organização rotativa a cargo de dois grupos do concelho, este ano a missão coube ao Grupo de Danças e Cantares de Nossa Senhora de Guadalupe (que abre o festival) e ao Rancho Folclórico S. Cosme de Gemunde (que vai encerrar o espectáculo). Para a edição 2010, conseguiram trazer à Maia o Rancho Folclórico e Etnográfico “Danças e Cantares” da Mugideira, o Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Cernache do Bonjardim, o Rancho Folclórico “Flores de Verde Pinho” do Coimbrão, o Grupo Folclórico da Casa do Povo de Creixomil, o Rancho Folclórico “Os Camponeses da Beira-Ria” e o Rancho Folclórico de Passos de Silgueira. Vão actuar a partir das 22h00 de amanhã.

Ainda no que toca à música, não há Festas do Concelho sem as bandas da Maia: A Banda Musical de Moreira e a Banda Marcial de Gueifães voltam a marcar presença e com várias actuações. Com entrada na Praça Dr. José Vieira de Carvalho marcada para as 21h00 de amanhã, actuam depois nos coretos montados junto ao Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho.

Devoção à Padroeira

Mas a festa não é só animação. Pelo contrário. Estamos a falar de uma festa em Honra de Nossa Senhora do Bom Despacho, por muitos venerada e que é desde 2003 a padroeira do concelho. Por isso, a vertente religiosa é uma das que maior peso têm no programa. O destaque vai, sem sombra de dúvida, para a procissão de domingo, com saída da igreja às 17h00. Individualidades religiosas e também políticas, adultos e crianças compõem, habitualmente, este desfile até à Praça Doutor José Vieira de Carvalho, onde invertem a marcha para regressar ao santuário. E são muitos os que por esse caminho assistem à procissão, ano após ano.

Muitos são, também, os que se propõem carregar os andores que a compõem, ainda que reconhecendo o presidente da comissão de festas que, “antigamente, era muito mais notório, porque com dois anos de antecedência as pessoas estavam inscritas”. Tal como vem sendo hábito, a comissão de festas convidou também as restantes paróquias do concelho a integrarem esta procissão, com andores representativos, estandartes e bandeiras.

De manhã, a missa solene das 11h00 será presidida por D. Augusto César Alves da Silva, Bispo Emérito de Portalegre e Castelo Branco. Mas antes, às 9h00, é o pároco da Maia, Domingos Jorge, quem preside à Missa de Acção de Graças a Nossa Senhora. Já na segunda-feira, a outra missa solene das festas, agendada para as 11h00 no Santuário de Nossa Senhora do Bom Despacho, contará com a presença do pároco de S- Mamede de Infesta, Ângelo Alves de Sousa, mas “uma pessoa muito ilustre, um filho da terra”, sublinha Francisco Coelho. Preside à eucaristia numa altura em que celebra 50 anos de sacerdócio.

Marta Costa

Veja ainda: Os locais e principais eventos das Festas da Maia (com mapa)