Abriu ao público de e-hub de carregamento de veículos elétricos na Maia

0
408
foto CMM
- Publicidade -

Câmara da Maia abre ao público o maior hub de carregamento elétrico do país num parque de acesso público de um município.

“O maior parque de carregamento de veículos elétricos do país num espaço de acesso público de um município abriu esta semana ao público”, informa a autarquia maiata em nota de imprensa.

Este projeto, localizado no Fórum da Maia e fruto de uma parceria com a EDP Comercial, insere-se na Ação Veículo Elétrico e Modos Suaves que integra o BaZe | Maia Living Lab – Net Zero Carbon City, promovido pela Câmara Municipal da Maia e co-financiado pelo Fundo Ambiental.

O e-Hub, localizado no coração da cidade, pretende “demonstrar a visão do município do posto de combustível do futuro”. Disponibiliza 10 lugares de estacionamento dedicados à promoção da mobilidade elétrica.

No espaço estão instalados nove pontos de carregamento, um deles de carregamento rápido, que permite carregar o equivalente a 100 km de autonomia em apenas cerca de meia hora.

O presidente da Câmara da Maia, António Silva Tiago, sublinha que “a Maia tem o objetivo de ser a primeira cidade do país a atingir a neutralidade carbónica. Ao abrirmos o e-Hub, o maior do país, estamos a apostar na reconversão energética”. Para o presidente do Município, “a parceria com a EDP Comercial demonstra que é no juntar de vontades que construímos o futuro”.

Já o administrador da EDP Comercial com o pelouro da Mobilidade Elétrica, Pedro Vinagre, destaca: “acreditamos que a boa colaboração entre público e privado na disponibilização de serviços de valor acrescentado aos cidadãos é chave para promovermos cidades mais limpas e sustentáveis. Estamos empenhados em promover ativamente mais iniciativas que coloquem a mobilidade elétrica ao serviço das cidades e, com isso, continuar a liderar a transição energética. Estamos muito satisfeitos por podermos celebrar esta parceria com a autarquia da Maia.”

Com o BaZe, a Maia está a fomentar a descarbonização do seu território através da implementação de soluções tecnológicas, que aumentem a eficiência e reduzam o consumo de energia, como é o caso do e-HUB, melhorando a qualidade de vida dos cidadãos e a mudança de hábitos com vista a um estilo de vida sustentável.
 

- Publicidade -