ADRA quer formar uma Pirâmide Alimentar de Solidariedade


0
807

As delegações de Ermesinde e Porto da ADRA – Associação Adventista para o Desenvolvimento, Recursos e Assistência, estão a desenvolver uma campanha de solidariedade, que tem como objectivo final a constituição de uma pirâmide alimentar de solidariedade. O desafio foi lançado à comunidade em geral, às colectividades, organizações sem fins lucrativos e que realizam trabalho de solidariedade.

Entre os bens alimentares mais necessários, estão o leite, massas, arroz, conservas, cereais e o azeite. Todos os alimentos foram recebidos pela ADRA hoje, a partir das 15h00, no Fórum Cultural de Ermesinde. Posteriormente, serão distribuídos pelas 28 famílias que a delegação de Ermesinde apoia naquela cidade do concelho de Valongo, e pelas restantes delegações, entre as quais, a de Pedrouços, Maia.

Regularmente, a associação é apoiada pela Longa Vida e pelo Banco Alimentar, “só que os alimentos não chegam para todos”, explica Paulo Gomes, voluntário da associação. Por isso, surgiu a ideia de realizar um concerto de solidariedade.

A partir das 15h00 de hoje, começou a ser constituída a pirâmide com todos os bens que foram recolhidos pelas delegações da ADRA e pelas restantes organizações e associações que aderiram à iniciativa.
Para mais tarde, a partir das 21h00, está marcado um concerto de solidariedade, com artistas da casa. O público que desejar assistir a este espectáculo só terá de levar um quilo de alimentos, pelo menos. Este será, digamos, o bilhete de entrada para o concerto. No entanto, os interessados em aderir terão de levantar os bilhetes na Junta de Freguesia de Ermesinde ou na Feira “Quem é Quem”, organizada pela Rede Social da Câmara Municipal de Valongo que está a decorrer no Parque Urbano DR. Fernando Melo desde ontem e até amanhã. “Adquirem o bilhete e em troca terão de levar um quilo de alimentos”, explica Paulo Gomes. Bens que serão acrescentados à pirâmide de solidariedade.

São cada vez mais as famílias que pedem ajuda alimentar à ADRA. Só na delegação de Ermesinde, e de acordo com o responsável, estão 60 famílias em lista de espera para receber este apoio. A delegação valonguense trabalha em parceria com o gabinete de acção social da Junta de Freguesia de Ermesinde.

Fernanda Alves