Aluno do INED vence concurso Maia Design World Press Photo 2010

1
159

Jorge Cunha foi o vencedor do concurso Maia Design World Press Photo 2010. O cartaz elaborado pelo aluno do 12º do curso tecnológico de Comunicação Social do INED – Instituto de Educação e Desenvolvimento foi escolhido por maioria, pelo júri do concurso.
O júri do concurso foi composto pelo Comissário da World Press Photo Foundation, Paul Ruseler, pelo vereador das Relações Internacionais da Câmara Municipal da Maia, Paulo Ramalho, pela responsável da Divisão das Relações Internacionais e Cooperação Económica da Câmara Municipal da Maia, Marta Vieira e pelo repórter da Rádio Lidador e jornal PRIMEIRA MÃO, Pedro Póvoas.

O júri deliberou ainda atribuir duas menções honrosas, a Emiliana Silva e Bruno Fernandes, alunos do 11º ano do curso tecnológico de Comunicação Social do mesmo estabelecimento de ensino.
Apostar nos estudantes maiatos foi o objectivo, este ano, da Câmara da Maia, para divulgar a World Press Photo 2010. Não a campanha de promoção da exposição, mas o design gráfico a ser usado para publicitar o evento. O desafio foi lançado pela Divisão das Relações Internacionais e Cooperação Económica da Câmara Municipal da Maia através do Concurso Maia Design World Press Photo 2010, deixando de lado o recurso a um designer externo e permitindo assim à autarquia poupar entre dois a quatro mil euros.

Os estudantes do ensino secundário (ou equivalente) e do ensino superior que residam ou estudem em instituições de ensino do concelho foram convidados a “apresentar trabalhos que mostrem a qualidade, a vontade e a excelência do município da Maia”, lia-se numa nota da autarquia, cuja finalidade é publicitar e divulgar a mostra do concurso anual de fotojornalismo, que tem passado pela Maia desde 2001.

O aluno vencedor tem agora a oportunidade “ver o seu trabalho exposto em locais de grande visibilidade na Área Metropolitana do Porto”, uma vez que a World Press Photo vai estar na Maia entre os dias 19 de Novembro e 08 de Dezembro. Vai ainda receber um diploma e uma lembrança da Câmara Municipal da Maia.
Além do concurso fomentar a criatividade dos estudantes maiatos, a autarquia acredita que a participação no concurso poderá ser uma rampa de lançamento para o estudante vencedor, “ao ter uma obra reconhecida e com a divulgação que irá ter no país”. Daí concluir que se trata de “uma grande oportunidade”.
O prémio e as menções honrosas serão atribuídos na cerimónia inaugural da World Press Photo 2010.

Isabel Fernandes Moreira

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.