Alunos maiatos ajudam famílias carenciadas no âmbito do Escola Solidária

0
221

 
O programa Escola Solidária está de volta ao concelho da Maia, de 9 a 20 de março.

A ideia consiste em motivar os estudantes maiatos a contribuírem com a recolha de alimentos, que a Câmara Municipal da Maia está a organizar em todos os estabelecimentos de ensino do concelho (desde o pré-escolar até ao ensino superior).

Os alunos são convidados a levarem um donativo, de 9 a 20 de março, para o programa Escola Solidária. São pedidos pacotes de leite, bolachas, atum, azeite, feijão, arroz, massa e cereais.

Os produtos angariados serão depois distribuídos por famílias carenciadas. Só com a edição de 2019 a Câmara conseguiu ajudar 225 agregados familiares, o que, na prática, se reflete em mais de 600 pessoas.

Esta 6ª edição do programa pretende, de acordo com o presidente da Câmara António Silva Tiago, continuar a promover “um conjunto de atividades de forma a despertar e fomentar o espírito da solidariedade em todas as pessoas, especialmente nas crianças e jovens, mobilizando e envolvendo a comunidade na resolução dos seus problemas”.