APPACDM da Maia contemplada com ajuda para Lar Residencial

0
455

A Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental da Maia (APPACDM) foi contemplada pelo +POR, um projecto de solidariedade social da empresa Não+Pêlo, com 10 mil euros.

Este prémio constitui uma ajuda para a aquisição de novo equipamento para o Lar Residencial da instituição, que ficará com capacidade para acolher cerca de 60 pessoas com deficiência mental, que se encontram em lista de espera.
A Associação Sol, a Cruz Vermelha Portuguesa e a Obra da Imaculada Conceição e Santo António foram as outras instituições que foram abrangidas neste projecto e dividiram entre si 17.500 euros.

Ao todo foram recolhidos 27.500 euros, compostos por donativos dos clientes dos centros Não+Pêlo de todo o país, que, entre 15 de Setembro e 31 de Outubro, que juntaram 17.500 euros, e pela doação de 10.000 euros do Prémio +POR.

Luís Brás, Director-Geral da Não+Pêlo, afirma que “no actual contexto económico” se sentem honrados por poderem “contribuir através da nossa actividade para a promoção e apoio de entidades sociais que desenvolvem um trabalho tão meritório junto das suas comunidades”. Luís Brás felicitou ainda “a APPACDM da Maia, a grande vencedora do Prémio +POR, e as outras três entidades nomeadas que também irão beneficiar de donativos destinados a valorizar projectos desenvolvidos em prol de todos aqueles que mais precisam”.

O projecto +POR tem como objectivo sensibilizar a comunidade para a realidade social e valorizar o trabalho das entidades privadas que actuam junto da população. Os donativos recolhidos servem para apoiar projectos concretos ou resolver necessidades específicas e mensuráveis das entidades nomeadas e são admitidos segundo o Estatuto da Lei do Mecenato.