As transferências do Estado

0
136

Para além do plano de investimentos, o município da Maia ainda recebe a sua participação dos impostos do Estado – FEF (Fundo de Equilíbrio Financeiro), FSM (Fundo Social Municipal) e IRS. Ao todo, a edilidade maiata vai encaixar 13 484 387,00 euros.

O Fundo Social Municipal foi criado em 2006, atribuído aos municípios em 2007 e só pode ser aplicado em educação, saúde e acção social.

Na mesma altura surgia uma outra novidade no financiamento das autarquias, com uma participação directa dos municípios até 5 por cento da receita do IRS cobrada nesse município. De IRS o município da Maia vai encaixar 6 138 745,00 euros.

Já as transferências para as freguesias são feitas tendo em conta o números de eleitores e a área geográfica. As 17 freguesias do município da Maia recebem 1 308 013,00 euros, dos 201 109 342, 00 euros que são atribuídos a todo o Continente.