Banda EKUS em busca do estrelato

0
181

São da Maia e estão na Grécia para participar no Eurovoice European Music Contest. Chamam-se EKUS e representam Portugal nesta competição que tem lugar em Atenas já a partir de amanhã e até sexta-feira. O colectivo maiato procura assim novos voos musicais em busca da exposição internacional.

O festival vai ser transmitido na internet, no sítio eurovoice.tv e conta com a participação de vários países europeus que vão concorrer com os maiatos. O vencedor ganha pela votação dos visitantes do site. O mesmo método que levou os EKUS à Grécia. “As pessoas iam ouvindo, iam gostando, iam votando, e agora estamos aqui”, revela o guitarrista da banda, Paulo Lourenço, enquanto preparava a actuação da banda em terras gregas.

Agora é “a doer” e tudo depende das opiniões dos jurados, que é como quem diz o público. As expectativas, para já, são boas. “Temos falado com algumas pessoas aqui e gostam do nosso tema. Não sei, vamos ver”, revela, esperançoso, Paulo Lourenço. Para uma vitória é necessária a participação em massa do público nacional. O guitarrista dos EKUS espera que os espectadores correspondam à chamada e contribuam para uma vitória da banda maiata, que também chegou à Grécia através de uma votação. Agora é o momento da verdade em busca de maiores palcos. Pelo menos é essa a aspiração de Paulo Lourenço, que espera que este festival seja o primeiro de muitos em busca do estrelato.

Génese

Uma banda que surgiu na Maia como resultado de algumas “brincadeiras” no tempo de escola dos membros da banda. “Fazíamos umas reuniões, tocávamos umas coisinhas, e assim surgiu a banda”. Banda que não é a principal actividade dos membros que consideram a música uma paixão que serviu também para “cimentar a grande amizade” que existe entre os membros da banda, agora em competição na Grécia, em Atenas.

Pedro Póvoas