Barraqueiro vence concurso do Metro do Porto

0
141

Está decidido. O Conselho de Administração da empresa do Metro do Porto aprovou o relatório do júri que sustenta a proposta da entrega da gestão e manutenção da rede, ao longo dos próximos cinco anos, ao consórcio Via Porto, liderado pela Barraqueiro e da qual fazem parte a Mota-Engil, a Keolis e a Arriva.

O relatório terá ainda de ser validado pelo Governo, disse à Lusa fonte da empresa. A empresa do Metro já informou o Ministério das Obras Públicas e dos Transportes desta ratificação da proposta do júri.

O consórcio liderado pela Barraqueiro apresentou um preço global anual de 35,8 milhões de euros, cerca de dois milhões abaixo dos 37,8 milhões de euros anuais proposto pelo consórcio liderado pela Transdev, que integra a Efacec e três operadores rodoviários da região Norte, e que era a actual gestora da rede.