Câmara da Maia reforça comparticipação financeira a instituições de apoio alimentar

0
137
foto canva

O Município da Maia reforçou em 20 por cento a verba a entregar às instituições que prestam apoio alimentar a famílias carenciadas do concelho.

A decisão da autarquia de reforçar o apoio às Conferências Vicentinas da Maia, Refood Maia Centro e Re(criar) surge num momento de um novo confinamento e em que aumenta a pressão sobre os agregados familiares. São conhecidos dados de maior procura das famílias por bens alimentares doados.

«O Município continua, assim, não só a prestar toda a colaboração na luta direta contra a pandemia, mas também a fazer um esforço para mitigar os seus efeitos sociais e económicos. Recorde-se que ainda no início do mês entrou em vigor o programa especial de apoio às empresas e proteção do emprego, no valor de 1,2 milhões de euros, assim como foi reativado o programa municipal de emergência social Covid-19», sublinha a Câmara da Maia em nota de imprensa.

Esta medida foi aprovada em reunião do Executivo Municipal e vem no seguimento da primeira verba atribuída, em abril de 2020, para apoio alimentar a famílias maiatas frágeis economicamente, ou que tivessem sido afetadas pela pandemia de Covid-19.