Casa de Pedrouços entrou em obras

0
166

A casa de Pedrouços, cujo soalho cedeu na quinta-feira da semana passada, entrou em obras esta semana. A garantia foi dada pelo coordenador do Serviço Municipal de Protecção Civil da Maia, António Lopes, depois de ter contactado com o senhorio. Aliás, conta, tudo aconteceu por uma questão de dias, uma vez que as obras já estavam programadas para o início do ano.

Recorde-se que na noite de quinta-feira da semana passada em Pedrouços, o soalho do rés-do-chão de um prédio com dois pisos cedeu, obrigando à evacuação de duas famílias. Seis pessoas foram realojadas em pensões ou em casa de familiares. Os Bombeiros Voluntários de Pedrouços mobilizaram para o local, junto ao estádio municipal, três viaturas e 10 elementos, como medida de precaução. Mas não se registaram feridos.

De acordo com António Lopes, tratou-se de um pequeno desabamento porque por cima do soalho de madeira da casa colocaram cimento e, por cima, tijoleira. Isso fez com que a madeira tenha deixado de respirar, apodreceu e cedeu ao peso de um móvel que estava em cima com a televisão e com livros. “Imagine um quadrado quatro por quatro e num dos vértices há um pequeno abatimento na ordem dos 10 a 15 centímetros, numa área de 20 centímetros para cada lado. Só que a parede ficou apenas suspensa porque ficou sem sistema de sustentação. Mas como é uma parede interior não afecta nada. A estrutura básica está bem segura. As obras vão começar de imediato, eles vão tirar aquilo tudo fora, vão arrancar tudo e vão colocar cimento, com juntas de dilatação adequadas ao tamanho do maciço e fica o problema resolvido”, contou a PRIMEIRA MÃO.

Isabel Fernandes Moreira

(Notícia a desenvolver na edição de sexta-feira de Primeira Mão)