Casos positivos estabilizam na Maia nos 742

0
1443

Na Maia voltam a registam-se hoje 742 casos de infetados pela Covid-19, de acordo com os boletins publicados pela DGS, tal como no dia de ontem.

A DGS anunciou hoje, no seu boletim epidemiológico diário, o registo de 23 mortes e 603 casos de infeção com Covid-19 em Portugal.

Nas últimas 24 horas o número de vítimas mortais subiu de 762 para 785 e o total de casos confirmados aumentou de 21.379 para 21.982. O número de casos recuperados está agora em 1.143.

O concelho da Maia, mantém o número de casos das últimas 24 horas, ou seja, não surgiu nenhum novo infetado. Um sinal positivo para o esforço de contenção da pandemia, que atingiu números elevados a exemplo do que passa na região Norte, em que o número de casos ascende a 13.150 (+344), e o número de mortos atinge 454 (+13).

Nos concelhos vizinhos de Trofa há 109 (+0) casos positivos e Santo Tirso tem 257 (+0). Valongo está já com 597 infetados (-1) e Matosinhos atinge 885 (+1).

Os mais afetados pela covid19 são Porto e VN Gaia, com, respetivamente, 1102 positivos (+31) e 1066 (+0).

Portugueses relaxam o confinamento

Os portugueses estão a relaxar o confinamento e, no último fim-de-semana, foi registado o valor mais baixo desde que foi decretado o estado de emergência: 63,9%. Na frente do combate, os médicos queixam-se de burocracia que os impede de falar mais com os doentes, admitindo mesmo atrasos nas notificações de doentes Covid-19.

Os laboratórios portugueses, públicos e privados, estão a apostar tudo para encontrar soluções que permitam distinguir que parte da população está imune ao novo coronavírus. Neste momento, há 30 exames serológicos diferentes a serem produzidos.

A Associação dos Médicos de Saúde Pública alerta que “maio pode ser um mês de retrocesso” se não houver cuidados e voltarem todos para a rua ao mesmo tempo sem precauções.

A secção portuguesa da Transparência e Integridade lançou uma plataforma que permite o escrutínio dos gastos da contratação pública relacionados com o combate Covid-19.

Ontem, passou a ser possível comprar hoje gel desinfetante e máscaras nos CTT.