Cereais de pequeno-almoço têm muito açúcar

0
409

A composição da generalidade dos cereais de pequeno-almoço é ‘desinteressante’ e tem excesso de açúcar, indica um estudo internacional. Devem ser, pois, consumidos com moderação.

Foram testados 171 cereais de pequeno-almoço em 31 países dos cinco continentes. Uma acção desenvolvida em larga escala pelas diferentes associações de consumidores, incluindo a Deco, que concluiu que os cereais têm açúcar a mais.

Os mais doces foram encontrados nos Estados Unidos, onde o valor mais elevado correspondia a sete pacotes de açúcar por 100 gramas de cereais. Na Europa os valores são mais baixos mas ainda assim elevados. Em média, os cereais contêm o equivalente a cerca de 4,7 pacotes de açúcar.

Em Portugal, foram testadas dez variedades de cereais de pequeno-almoço de chocolate – os mais vendidos no nosso país – e todos receberam nota negativa já que também são excessivamente ricos em açúcar.

A DECO regista, no entanto, que a informação nutricional, facultativa em muitos países, está presentes em todas as caixas analisadas em Portugal.

A associação aconselha os pais a ler com muita atenção a informação nutricional que está nos produtos que compram. Devem optar por produtis com menos gordura, sal e açúcar.