Cinco elementos do Gangue do Formigueiro condenados

0
131

O colectivo de juízes do Palácio da Justiça do Porto condenou hoje, cinco dos 31 arguidos do chamado do “Gangue do Formigueiro” a penas efectivas de prisão, num máximo de oito anos. O colectivo de juízes condenou, ainda, dois arguidos a pena suspensa e seis a pena de multa. Os restantes 18 arguidos foram absolvidos.
Ao grupo, cujos principais membros são oriundos de Águas Santas, na Maia, era imputada a autoria de 56 assaltos, principalmente a cafés e pastelarias, para o furto das máquinas de tabaco, e a lojas de pronto-a-vestir.

Foram ainda arquivados 33 crimes com método de actuação semelhante, por não terem sido reunidos indícios suficientes contra os arguidos.
Uma operação da Divisão de Investigação Criminal da PSP do Porto começou a desmantelar o Gangue do Formigueiro em Abril. Segundo a acusação, a actividade criminosa iniciou-se em Julho do ano passado e estendeu-se a vários concelhos do Grande Porto.