Colégio privado ficou na frente do ranking de escolas no concelho da Maia

0
984
- Publicidade -

Colégio Novo da Maia foi o melhor estabelecimento de ensino do concelho, quer no 3º ciclo, quer nas classificações relativas ao Secundário, no ranking das melhores escolas elaborado pela Agência Lusa (divulgada pelo JN e que serviu de base a esta notícia).
Em segundo lugar ficou a Escola Secundária da Maia, surgindo depois a Escola Básica de Gueifães e a Escola Básica e Secundária de Águas Santas.

A nível nacional, a grande maioria das escolas continuou em terreno positivo, no que toca às médias alcançadas nos exames do 9º ano e do ensino secundário. Os rankings continuam a ser liderados pelos estabelecimentos de ensino privados.

A Agência Lusa refere que desde 2012 existem 16 escolas secundárias a dar sempre “notas mais altas do que seria esperado” sendo os colégios “quem mais inflaciona as notas”, considerando este “um procedimento que pode permitir a um aluno passar à frente no acesso ao Ensino Superior”. Ainda segundo a mesma fonte, o Colégio Novo da Maia faz parte de um grupo de escolas privadas que “aparecem sempre muito bem classificadas nos ‘rankings’ e que, no ano passado, atribuíram mais de dois valores do que a média nos exames”.

A melhor nota nacional foi conquistada pelos alunos das escolas secundárias do distrito do Porto, que conseguiram a melhor média nacional nos exames realizados no ano passado, segundo dados do Ministério da Educação.

Com uma média de 11,24 valores em 39.809 exames, os estudantes do Porto ultrapassaram Viseu e passaram a ocupar o primeiro lugar da tabela elaborada pela Lusa.

É também na cidade do Porto que se encontra a escola pública e o colégio com melhores classificações nos exames nacionais do secundário: o Colégio Nossa Senhora do Rosário e a Escola Secundária Garcia de Orta, segundo o ‘ranking’ da Lusa, que analisa apenas as escolas onde se realizaram mais de cem provas.

Questionado pelos jornalistas sobre os resultados dos exames nacionais, que colocam 27 escolas privadas à frente das públicas, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, disse que as “escolas públicas são muito mais do que as notas dos exames de fecho de ciclo”.

“São os exames, mas também todo o trabalho que se faz, todos os dias, em contextos socioculturais e económicos tão diferentes e que precisamos todos de valorizar”, defendeu, sublinhando que não é muito adepto de listas.

A título de exemplo divulgamos aqui as listas das escolas no concelho da Maia, relativas ao 3º ciclo:

E esta é a lista das escolas secundárias do concelho que constam do ranking nacional, mais uma vez liderada pelo colégio privado, seguindo-se a Secundária da Maia (ranking divulgado pelo JN):

- Publicidade -