Conselho Municipal de Educação abordou arranque das aulas

0
144
Quadro decorado pelos alunos na Escola de Moutidos_Imagem ASAntos

O 31º Conselho Municipal de Educação reuniu no passado dia 7, numa sessão em que os conselheiros estiveram focados no arranque do novo ano letivo.
Face à incerteza do caminho que irá tomar a pandemia a breve prazo, o próximo ano letivo é preparado no âmbito de um projeto de ideias para uma nova realidade, ao que já nos habituamos a chamar de “nova normalidade”.

Assim, o Conselho abordou os seguintes pontos da ordem de trabalhos: aprovação da ata da reunião n.º 30 do CME; apresentação do projeto PEDIBUS; apreciação do Plano de Transportes Escolares; arranque do ano letivo 2020/2021; apreciação da proposta de atribuição de subsídios para o ano letivo 2020/2021; outros assuntos.

A Câmara Municipal da Maia fez saber que “está disponível para continuar a ser um agente facilitador neste processo de construção de uma nova normalidade”.

Emília Santos, vereador da Educação do executivo maiato afirmou: “as orientações e incertezas são muitas, mas estamos a construir e preparar em conjunto o início do ano letivo, sem ilusões ou projetos alavancados em ideais. Como sempre, estaremos ao lado da escola, dos docentes, das famílias e, obviamente, dos alunos para vencer um futuro incerto e, certamente, muito exigente para toda a comunidade”.