Contrafacção na feira de Pedras Rubras

0
125

Ficaram sujeitas a Termo de Identidade e Residência as três pessoas constituídas arguidas na sequência de uma operação desencadeada pela GNR da Maia, na feira de Pedras Rubras. Têm entre 27 e 48 anos e são suspeitas do crime de contrafacção.

Os agentes do Posto Territorial da GNR da Maia, instalado no Castelo, foram no dia 28 de Janeiro à feira semanal, no âmbito do combate à venda de material contrafeito / falsificado. A operação permitiu apreender quase 540 peças, alegadamente de marcas conceituadas. Entre peças de vestuário – calças e camisolas – acessórios – cintos, óculos de sol, malas e carteiras – e calçado.

Além do material apreendido, foram constituídos cinco arguidos. São três homens e duas mulheres, com idades entre os 27 e os 48 anos. Depois de ouvidos em tribunal, ficaram em liberdade, mas com Termo de Identidade e Residência.

MC