Covid19: 4.093 infetados e 64 mortos nas últimas 24 horas

0
193
Covid19

Nas últimas 24 horas foram registadas em Portugal 64 vítimas mortais e 4.093 novas infeções por COVID-19, de acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS.

Os dados comunicados indicam que o número de óbitos passou de 4.363 para 4.427, enquanto que os casos confirmados aumentaram de 290.706 para 294.799.

Há ainda a assinalar mais 3.259 pessoas que tiveram alta da doença, tendo o número de recuperados aumentado para 209.534 .

Dados das regiões mais afetadas

Região Norte
Número de infetados: 154.690 (+2.490 do que ontem) / óbitos: 2.097 (+31)

Lisboa e Vale do Tejo
Número de infetados: 97.684 (+979 do que ontem) / óbitos: 1.584 (+22)

O número de mortes em Portugal este ano vai superar muito o balanço de 2019. A um mês do final do ano, a trajetória da mortalidade no país já não deixa dúvidas sobre as marcas no país e nas famílias. O número de mortes tornou a subir de forma acentuada este mês, depois de picos de mortalidade em abril – na primeira vaga da COVID-19.

Entretanto, Portugal tem um recorde de internados por COVID-19 nas camas UCI. Ontem, foi o segundo pior dia de mortes pelo novo coronavírus no país.

Hoje há mais 90 pessoas internadas (num total de 3.245) e mais 7 em cuidados intensivos, num total de 536 doentes nestas condições.

Nos lares, as brigadas rápidas já foram ativadas 124 vezes. O número de idosos infetados nas unidades disparou nas últimas semanas.

Soube-se hoje que o Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças estima que, se Portugal mantiver as restrições adotadas, atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de COVID-19, seguidos de menos admissões hospitalares e mortes.

Sobre a vacina contra a COVID-19, mais de metade dos portugueses querem ser vacinados quando estiver disponível, mas dividem-se sobre se o Estado deve tornar a toma obrigatória.