Covid19: Maia e Valongo sobem número de casos por 100 mil habitantes

0
228
- Publicidade -

A DGS voltou na 2ª feira a divulgar os casos registados em cada concelho, correspondente à incidência cumulativa a 14 dias (entre 3/03 e 16/03/2021).

Assim, nesse período de 14 dias, houve na Maia um registo de 43 casos de infetados, mantendo-se o concelho no patamar de risco Moderado (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes).

A incidência até 9 de março era de 29 casos por 100 mil habitantes, registando-se, assim, uma subida do número de novos casos na última semana.

Maia e Valongo subiram a incidência a 100 mil habitantes, sendo que dos concelhos vizinhos da Maia o que tem menos casos é Matosinhos com uma incidência de 42 por 100 mil habitantes. Quase todos os concelhos mais próximos desceram a incidência. A tendência é contrariada pela Maia, Valongo e Póvoa de Varzim.

Os casos por concelho, de acordo com a DGS são o seguintes (entre 3/03 e 16/03/2021):

Maia – 43 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – subiu

Valongo – 51 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – subiu

Porto – 97 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – desceu

Matosinhos – 42 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – desceu

VN Gaia – 68 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) -desceu

Gondomar – 60 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – desceu

Santo Tirso – 57 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – desceu

Trofa – 55 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – desceu

Póvoa de Varzim – 135 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – subiu

Vila do Conde – 55 (concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes – risco Moderado) – desceu

- Publicidade -