Deputados de Vila Nova da Telha aprovam moção

0
77

As questões da segurança em Vila Nova da Telha já motivaram uma Assembleia de Freguesia Extraordinária, no passado dia 4. Depois das posições assumidas pela Câmara Municipal da Maia e pelas juntas de freguesia de Vila Nova da Telha e de Moreira, os deputados sentiram necessidade de marcarem também a sua posição, “de uma forma autónoma”, sublinha a presidente da assembleia de freguesia. Acrescenta Márcia Passos que se trata de “um reforço dessas diligências”.

Fizeram-no através de uma moção, aprovada por unanimidade por oito dos nove deputados eleitos para este órgão autárquico. O documento será agora encaminhado para diversas entidades – como o Ministério da Administração Interna, o Governo Civil do Porto, a Câmara Municipal da Maia ou os grupos parlamentares – e dele será também dado conhecimento à população. Sobre as entidade às quais a Assembleia de Freguesia de Vila Nova da Telha pretende dar a conhecer esta moção, Márcia Passos esclarece que “algumas podem fazer alguma coisa de forma activa e outras para terem conhecimento”.

A posição dos deputados de Vila Nova da Telha surge na sequência de um número de assaltos já considerado “preocupante”, a par de “alguma criminalidade” a que se tem vindo a assistir desde finais de 2009:

[audio:MOCAO_VNTELHA.mp3]

Para inverter essa situação, ou pelo menos minimizar os incómodos, os deputados sublinharam na assembleia de freguesia da passada semana que, “num sentido imediato, ficavam satisfeitos com um reforço da vigilância na freguesia”, conta Márcia Passos. Até porque a passagem mais frequente das patrulhas “vai desmotivando a prática da criminalidade”. O que não parece ter acontecido com a deslocalização do posto da GNR da Maia para o Castelo.

Isto sem afastar do horizonte “o que já está há muitos anos” e que passa pela concretização de uma esquadra que sirva Vila Nova da Telha e Moreira. E que “já está criada”, numa portaria datada de 1983, recorda a presidente da Assembleia de Freguesia de Vila Nova da Telha.

Marta Costa