Eleva-se para dois número de infetados na comarca da Maia

0
414

O Tribunal Judicial da Comarca do Porto revelou que uma procuradora da República que exerce funções na Maia testou positivo à infeção da covid-19, sendo este o segundo caso confirmado naquele núcleo, que foi encerrado na terça-feira.

Em comunicado, o Tribunal Judicial da Comarca do Porto especifica que “trata-se de uma procuradora da República que ali exerce funções. É o segundo caso comunicado no período de poucos dias”.

Esta quinta-feira estava prevista uma desinfeção geral do edifício onde funcionam os Juízos do Núcleo da Maia.

Recorde-se que na terça-feira à noite, o Tribunal Judicial da Comarca do Porto anunciou que decidiu encerrar o edifício do concelho da Maia por ter sido confirmado um caso positivo da covid-19, admitindo que existia “alarme geral” naquele núcleo.

“O conselho de gestão considera ser de elementar prudência encerrar por três dias o edifício onde funciona o Núcleo da Maia”, lia-se num comunicado divulgado pouco depois das 20:00 de terça-feira e que surgia na sequência de um outro distribuído cerca de três horas antes, no qual este tribunal dava conta de que no sábado uma oficial de justiça foi submetida a teste rápido no Hospital de São João, no Porto, o qual se veio a manifestar positivo.