Esta tarde assinado acordo para Habitação Social na Maia

0
304
Bairro do Sobreiro recuperação_ imagem ASantos
- Publicidade -

O Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, e o presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, participam esta tarde na cerimónia de homologação do Acordo de Colaboração entre o Município da Maia e o IHRU (Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana), no âmbito do Programa 1º Direito.

A cerimónia é realizada online e transmitida em direto no canal oficial da Câmara Municipal da Maia no Facebook e Youtube, e conta ainda com a presença da secretária de Estado da Habitação, Marina Gonçalves, secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho, e da presidente do Conselho Diretivo do IHRU, Isabel Dias.

Ao abrigo deste acordo, 757 novos fogos de habitação social vão ser disponibilizados gradualmente num programa a executar em 5 anos na Maia. O investimento total é de 62,77 milhões de euros.

O financiamento do programa será feito através de uma comparticipação a fundo perdido do IHRU – Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana, no valor de 27,33 milhões de euros, a que acresce um empréstimo bonificado de 26,26 milhões de euros e 9,16 milhões de euros de fundos próprios do município.

Na Maia, o programa vai promover soluções habitacionais diversas, que incluem o arrendamento de habitações para subarrendamento, a reabilitação de frações ou de prédios habitacionais, a construção de prédios ou empreendimentos habitacionais e a aquisição de frações ou prédios para destinar a habitação. Estima-se que o programa possa abranger mais de 1 700 pessoas.

- Publicidade -